Guias, Dicas e outras coisas úteisVida de viajante

Viajante Vegetariano: dicas para viajar sem comer carne nem passar perrengue

hamburguer vegetariano

Quem come de tudo não costuma ter problema em achar comida em lugar nenhum. Para quem é viajante vegetariano, no entanto, não é assim tão fácil, uma vez que vários lugares mundo afora não oferecem em seus cardápios opções de pratos sem carne e outros produtos de origem animal.

Para falar um pouco sobre os cuidados com a alimentação que os viajantes vegetarianos devem ter para não sair da dieta em suas andanças, convidamos a Raquel Loback, um das colaboradoras do excelente blog Gordelícias (a gente ama as receitas de lá!), para falar sobre os assuntos e dar as dicas já testadas e aprovadas por quem já viajou o mundo todo e sabe muito bem do que está falando.

Então, com vocês, as palavras da Raquel:

“Sou o tipo de pessoa que gosta de viajar sozinha, gastar pouco e comer bem. Fico na casa de amigos, de amigos de amigos, Couchsurfing, Airbnb, quarto compartilhado em hostel mas quando o assunto é comida, a pança fala mais alto que a economia.Olhando assim, pareço ser das pessoas mais sociáveis, mas… não compartilho do senso comum para nenhuma atividade de comer/beber que tende a agregar pessoas: sou vegetariana e não bebo cerveja ou café.

A maior parte do mundo já está preparada para atender as mais diversas restrições alimentares. Eu não sou fresca com comidas, sou apenas vegetariana. Isso faz com que algo que poderia ser dramático se torne uma chance de conhecer os mais diversos sabores.

Coisas que acontecem quando se é um viajante vegetariano e como lidar:

Comida de avião

Há uma lista ENORME de tipos de refeições especiais que podem ser solicitadas nos voos de longa duração e não há nenhum custo adicional para isso. Alguns tipos de refeições que podem ser consumidas por vegetarianos: ovo lacto vegetariana, vegetariana oriental, vegetariana hindu, vegetariana asiática, vegetariana crudívora, frugívora e vegana. É importante verificar o tipo de refeição disponível em cada voo e solicitá-la com antecedência. A parte boa: refeições especiais sempre são servidas primeiro.Odeio passar perrengue por não ter opção de comida em situações de emergência tipo voo atrasado, conexão demorada, ônibus que não para. Sempre levo comigo algumas frutas secas, castanhas e chocolate. Recomendo.

Se virando na língua

Meu sonho todos os restaurantes do mundo terem cardápio com fotos das comidas e aqueles símbolos universais de vegetariano, sem glúten, etc. Mas como isso ainda não é uma realidade, cada um se vira como dá.

Não conheço ninguém que fale todas as línguas do mundo. E a máxima: “todo mundo fala inglês”, é uma grande mentira. Pesquise como falar: ˜eu sou vegetariana˜ e ˜eu não como carne˜. na língua dos países por onde vai passar. Se o alfabeto for muito diferente do que conhece, tipo cirílico, japonês, considere imprimir as frases.

Sopa vegetariana restaurante Dveri Saravejo
Sopa vegetariana com “o pão mais delicioso do mundo”, segundo a Raquel. No restaurante Dveri, em Sarajevo

Entendendo a cultura e culinária local

Se for convidado a comer na casa de algum morador local, informe imediatamente sobre suas restrições alimentares. Para muitas culturas, deixar comida no prato pode ser uma ofensa muito grave e não queremos causar nenhum desconforto por conta de nossas escolhas alimentares.No Brasil mesmo eu lido com críticas nem sempre construtivas sobre minhas escolhas alimentares. É bom estar preparado para lidar com isso em outras partes do mundo. Uma boa é saber cozinhar alguma coisa vegetariana incrível e surpreender seus anfitriões. Gosto muito desta opção, inclusive.

Deliciosa iguaria de Skopje macedônia
Deliciosa iguaria de Skopje, na macedônia. É uma massa tipo a de pastel chinês, frita, que se come com um queijinho mega salgado. Acompanha iogurte natural – porque segundo eles, ajuda na digestão da gordura do pão. (deu água na boca!)
Arroz coberto com vegetais grelhados e molho de tomate Duvec em Mostar Bósnia
Arroz coberto com vegetais grelhados e molho de tomate. O nome do prato é “Duvec” e a Raquel comeu em Mostar, na Bósnia.

No supermercado

Se tudo der errado, sempre vai ter algo familiar no supermercado. Pão, iogurte, frutas, sucos. Alguns mercados maiores têm até sessão especial para vegetarianos.

Sobre restaurantes para viajantes vegetarianos

Eu gosto bastante de dois sites/aplicativos: HappyCow.net e VegDining.com. Quando não encontro opções de restaurantes nas cidades por onde vou passar nestes gurus, recorro aos inúmeros blogs dessa internet maravilhosa. Sempre saio de casa com uma lista de possibilidades.

A maior parte dos restaurantes tem sempre uma ou outra opção vegetariana. Muitos deles não vão se importar se você pedir pra trocar ou tirar algum ingrediente. Tente. E não esqueça de dizer que é vegetariana, pois em alguns lugares, como no México, por exemplo, ainda é comum cozinhar com gordura animal e não queremos isso.

Ser vegetariano é apenas saborear o mundo de um jeito diferente. Nada que um pouco de amor e paciência não ajude.”

legumes grelhados
Vegetais grelhados, num restaurante em Podgorica, Montenegro. Era o único prato vegetariano, e a Raquel, achou delicioso!

SOBRE A AUTORA:

raquel lobackRaquel Loback é carioca, canceriana e viciada em viajar. Mochileira por opção, ela sabe bem como viajar muito gastando pouco e desconfia de quem considera viajar um luxo. Trabalhando em uma agência de viagens desde 2004, quando não está no escritório ou levando o Gnomo Viajante pra passear, ela está costurando corações na Love for Sale ou cozinhando delícias vegetarianas para a #segundasemcarne do blog Gordelícias.

 


 

Comentários

Tags:

4 comentários

  1. […] Como é ser um viajante vegetariano: dicas para quem quer viajar sem comer carne […]

  2. […] Viajante vegetariano: dicas para quem quer viajar sem comer carne nem passar perrengue […]

  3. Só quem é vegetariano sabe como a nossa situação melhorou muuuuuito durante esses anos! Temos mais opções e concordo quando você diz que essa é mais uma chance de conhecer outros sabores 🙂

    1. Thaís Freitas

      Verdade, hoje os vegetarianos têm bem mais opções mesmo, Sonia! E frequentemente as opções vegetarianas do cardápio são bem mais atraentes! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *