Vida no Canadá

Quanto custa morar em Vancouver para um casal sem filhos (Atualizado em Outubro 2017)

Coisas que mudaram em mim desde que vim morar em Vancouver,Tive que aprender a viver com menos espaço.Viajadora

Considerada uma das cidades mais caras da América do Norte, o custo de vida é a principal preocupação de quem está vindo morar em Vancouver. E é também a pergunta que a gente mais recebe do pessoal que lê o Viajadora, por isso eu já estava querendo fazer este post há algum tempo para falar sobre quanto eu e o Thiago gastamos para viver aqui, algo que pode ajudar quem está vindo a ter uma noção de quanto vai gastar na cidade.

Antes de tudo, é importante lembrar que cada casal tem suas preferências e isso, claro, interfere na forma como eles gastam e organizam o orçamento mensal. Percebo isso na nossa vida em comparação com a de outros casais de amigos na cidade, mas de uma forma geral, no fim das contas todo mundo gasta valores parecidos, só que usando o dinheiro em coisas diferentes, então dá para fazer uma estimativa de forma geral. Tendo dito isso, agora vamos aos custos:

Quanto custa morar em Vancouver: Aluguel

O aluguel é a principal despesa para quem vai morar em Vancouver, principalmente para quem quiser ficar em downtown ou arredores. No nosso caso, escolher um apartamento legal em uma área que a gente realmente gostasse foi um investimento essencial porque somos pessoas muito caseiras, logo um lugar confortável era fundamental para o nosso estilo de vida. Além disso, a gente também adora comer fora e estar perto das coisas, então escolhemos morar em uma região central que desse para ir a pé para os lugares quando precisássemos sair de casa.

Outro fator que pesou na nossa decisão foi o fato de não sermos casados. Quando a gente decidiu vir morar no Canadá, estávamos namorando há dois meses só. Eu já estava com tudo meio planejado para vir, e foi uma feliz coincidência a gente se conhecer a tempo e ele também ter planos parecidos. Unimos o útil ao agradável e, com isso, cada um tinha a sua verba para gastar com aluguel, que geralmente acaba tendo que ser maior para quem quer morar sozinho. Isso nos possibilitou pagar um pouco mais pelo aluguel de um apartamento para os dois.

A gente mora em um quarto e sala bem novinho em Yaletown, pertinho da estação Yaletown-Roundhouse do skytrain, que tem garagem, academia, den (que seria o “quarto de empregada” no Brasil), máquina de lavar e secar roupa dentro do apartamento, todos os eletrodomésticos novos (geladeira, freezer, fogão e lava-louça) e piso de tábua corrida (a ausência de carpete pesa muito para uma pessoa cheia de rinite como eu! haha). Além disso o prédio é pet friendly, o que também fez diferença porque queremos adotar um cachorro em breve. Por esse apartamento a gente paga por volta de CAD $1,750, e estamos bem satisfeitos. É um pouco mais do que a média de preço de apartamentos de quarto e sala em outros bairros de Vancouver e arredores, mas serve bem para o que a gente precisa e fica dentro do planejamento de gastar uns CAD $900 para morar que cada um tinha antes de se conhecer, então está valendo.

(Atualização 2017: O dono do apartamento não aumentou nosso aluguel em 3 anos, então em outubro/2017 ainda pagamos CAD $ 1,750, mas é praticamente impossível hoje achar um quarto e sala como o nosso em Yaletown por esse preço, espere gastar de CAD $2,200 para cima. Esta matéria de um site local fala sobre como os alugueis aumentaram em Vancouver nos últimos dois anos, e no Craigslist dá para ter uma ideia dos preços. Como a família está aumentando, em dezembro estamos de mudança para uma townhouse de 3 quartos em New Westminster, a 25 minutos de metrô de downtown Vancouver, pelo qual pagaremos CAD $2,900 de aluguel… abrimos mão da proximidade do trabalho pelo conforto.)

É possível gastar menos do que os valores de Yaletown morando em outras áreas da cidade, que são um pouco mais longe mas igualmente boas. Dá para alugar, por exemplo:

– Um basement para um casal morar por entre CAD $900 e 1,100 mensais nas cidades vizinhas de Burnaby ou Surrey, perto do skytrain;

– Um quarto e sala na cidade vizinha de New Westminster por a partir de CAD $1,000;

– Um apartamento quarto e sala no West End, um bairro lindo perto do Stanley Park, por valores entre CAD $1,700 e 2,300;

– Um apartamento de dois quartos por uns CAD $2,200 em North Vancouver, uma área mais afastada do centro, mas linda e cercada de natureza.

Então, estime gastar entre CAD $1,000 e CAD $2,500 para morar, dependendo do bairro e tamanho do apartamento que você quiser. Saiba que você vai ter que procurar bastante para achar bons apartamentos e, provavelmente, abrir mão de algumas comodidades para economizar. Os apartamentos mais baratos costumam ser mais antigos, com carpete, ter as máquinas de lavar roupa em uma área comum, não ter lava-louças, etc. Nada que atrapalhe viver, você só tem de julgar o quanto esses fatores pesam ou não na sua escolha. Ah, e ao alugar um apartamento, considere também a despesa com o depósito, que costuma ser de metade de um aluguel (e mais metade se você tiver algum bicho de estimação). Esse valor é para cobrir eventuais danos no apartamento, e o proprietário devolve se o apartamento estiver em perfeitas condições quando for se mudar.

apartamento para morar em Vancouver Canadá
As cozinhas da maioria dos apartamentos são bem equipadas…
As cozinhas em Vancouver já são equipadas com geladeira, freezer e lava-louças
… e costumam vir com o trio geladeira, freezer e lava-louças

Mobiliar o apartamento

Você pode dar a sorte de conseguir alugar um apartamento já mobiliado, mas na maioria das vezes pode ser preciso comprar boa parte das coisas ou mesmo tudo que o apartamento precisa, como aconteceu conosco. Nesse caso, a IKEA vai ser sua melhor amiga, o lugar mais em conta para comprar móveis novos e bonitos e também os acessórios para casa, como panelas, jogos de talheres e todas essas coisinhas que a gente nunca lembra, mas também pesam no orçamento. Uma boa pedida é comprar tudo aos poucos, para não receber a paulada da despesa toda de uma vez. Há uns oito meses, nós gastamos o seguinte:

Móveis (cama de casal, colchão, sofá, mesa e duas cadeiras, cômoda, duas mesinhas de cabeceira, hack para a sala e duas banquetas)= – +- CAD $ 2,300

Coisas para a casa (dois jogos de toalhas e lençóis, um edredom, panelas, talheres, pratos, vasilhas de plástico, etc) = +- CAD $ 350

Eletrodomésticos (televisão LCD 40”, aspirador de pó, liquidificador e torradeira) = +- CAD $ 600

(Atualização 2017: Preços de móveis e eletrodomésticos continuam mais ou menos iguais, é questão de pesquisar e achar o mais em conta mesmo)

A IKEA cobra para entregar e para montar os móveis. Um bom jeito de evitar essas despesas é alugar um desses caminhõezinhos da U-Haul para ir lá na loja, comprar tudo e você mesmo levar para casa e montar. Dá trabalho, mas é uma boa economia.

Montando os moveis da IKEA em Vancouver
Quem compra móvel da IKEA ou se vira para montá-los, ou paga para alguém ir lá montar. Nesta foto tem o Thiago quebrando a cabeça para montar a nossa cômoda! haha

Outra forma interessante de gastar menos é comprando móveis e acessórios usados nos muitos brechós da cidade, no Craigslist , Kijiji ou mesmo nos grupos do Facebook, mas só fique atento para ver se vale mesmo a pena comprar usado (já vi muita gente tentando vender coisas usadas nos grupos de brasileiros em Vancouver no Facebook pelo mesmo preço das coisas novas, ou então, vender porcarias que nem funcionam – eu mesma comprei uma torradeira que, quando fui ver com calma em casa, estava tão ferrada e nojenta que nem deu para usar. Resultado: gastei comprando essa porcaria velha e depois gastei mais comprando uma nova, então fique de olho!). Outra coisa que é preciso prestar atenção é na hora de comprar colchões e sofás para ver se não tem bedbugs, uns insetos que são umas pragas infernais de tirar e você não vai querer na sua casa de jeito nenhum.

quanto custa alugar e mobiliar um apartamento em Vancouver
Com esforço, dá para achar um apartamentinho jeitoso, montar os benditos móveis da IKEA e se ajeitar com conforto

Despesas do dia a dia da casa 

Outra vantagem de morar em Vancouver: as despesas com a casa são menores do que eram no Brasil e, de uma forma geral, de qualidade muito melhor. O valor do condomínio e da água já estão inclusos no nosso aluguel, então além dele também pagamos por mês: (Valores atualizados em 2017)

Luz (BC Hydro) – Varia entre CAD $45 no inverno (por causa do aquecedor) e CAD $ 25 no verão

TV a cabo + Internet (Shaw) – CAD $113 por um pacote básico de TV e internet de 35MB (para o Thiago jogar videogame). A gente gosta muito da Shaw, mas vale pesquisar os valores da principal concorrente, Telus, também.

Netflix – CAD $10.99 por mês, para assistir em dois aparelhos ao mesmo tempo. O plano básico, para um aparelho só, sai por CAD $ 8.99.

Compras de mercado

Na região que a gente mora, só tem mercados orgânicos e naturebas onde tudo custa muito mais caro, por isso a gente só compra uma coisinha ou outra lá. Para o grosso das compras, pegamos o skytrain e vamos até o supermercado No Frills da West Broadway Street, onde os preços são mais em conta. Com isso, gastamos por volta de CAD $500 por mês com as compras de mercado, valor que é suficiente para cozinhar em casa e comer todos os supérfluos que a gente gosta, como sorvete, chocolate e queijos, muitos queijos.

Vale a pena ir mais longe para comprar nos mercados mais baratos, porque as diferenças de preço são significativas. Os melhores mercados para isso são, além do No Frills, o Costco, o Wallmart (fica em North Vancouver) e o Superstore.

(Atualização 2017: Continuamos gastando por volta de CAD $500 com compras de mercado, mas paramos de ir no No Frills e estamos comprando a maioria das coisas no Costco agora – eu AMO esse mercado!)

bolsinha de compras quanto custa morar em vancouver
Se você não tiver carro, compre um desses carrinhos para ir fazer as compras nos mercados mais baratos. Eles são muito práticos! Este meu é da London Drugs e custou CAD $25, mas no Costco tem um maior e melhor por CAD $25

Despesas com transporte público

Uma das vantagens de morar em downtown é a possibilidade de ir andando ou de bicicleta para a maioria dos lugares, e a facilidade de usar o transporte público para qualquer outro lugar. Por causa disso, comprar um carro não está nos nossos planos no futuro póximo, já que a gente se vira bem com o Translink, o sistema de transporte público de Vancouver, que inclui o skytrain, os ônibus e o seabus (que é tipo uma barca que leva a North Vancouver).

A cidade é dividida em três zonas: a Zona 1, que pega praticamente Vancouver toda, e as zonas 2 e 3, que pegam as cidades vizinhas e regiões mais distantes. Uma passagem da Zona 1 sai por CAD $2.20, para a Zona 2 está saindo a CAD $ 3.25, e CAD $4.30 para a Zona 3 (isso faz diferença de acordo com o bairro onde você for morar). O passe mensal para a Zona 1 (Monthly Pass), ilimitado, sai por CAD $93 por mês, o que vale a pena para quem utiliza bastante o transporte público. (Valores atualizados em 2017, você pode ver todos no site da Translink)

Outras despesas individuais

(Valores atualizados em 2017:)

Uma despesa inevitável é a do MSP, o sistema de saúde público de British Columbia, que quem é residente permanente ou vai estudar em Vancouver (e família) por mais de seis meses tem direito a usar. Ele custa mensalmente CAD $75 por pessoa, com um descontinho para quem paga em casal. Vale muito a pena pagar, pois com saúde não se brinca e o atendimento médico público por aqui é bom. (Como expliquei aqui, nós não pagamos mais, porque nossos empregos cobrem as despesas de saúde)

Com plano de celular o Thiago gasta CAD $45 por mês, porque ele entrou com o celular que já tinha, e eu pago CAD $64 porque peguei um iPhone num contrato de 2 anos, com um plano de internet mequetrefe (que quase nunca é suficiente! haha). Nossa operadora é a Fido, que na época em que chegamos tinha várias promoções. O sinal é muito bom, nunca fica fora do ar, mas acho a conexão de dados muito cara para o que é e estou doida para mudar de operadora faz tempo.

Além dessas coisas eu também pago academia, porque acho a academia do prédio muito limitada e eu gosto de ver gente quando estou treinando. haha Eu malho na Steve Nash, uma rede de academias de British Columbia que tem musculação e várias aulas, e pago CAD $ 45 por mês (é bom saber que estudantes de vários colleges têm desconto, e pessoas que malham juntas também). A academia não é grandes coisas, mas dá para o gasto e é uma necessidade, até porque, é um esforço controlar o peso por aqui, com tantas comidas diferentes e a gente vivendo em um ritmo bem diferente daquele a que estávamos acostumados no Brasil.

Quanto custa morar em Vancouver: Despesas mensais totais

Bom, acho que essa lista resumiu bem o que a gente gasta por aqui e dá para ter uma ideia de quanto custa morar em Vancouver. Levando em consideração todas as despesas listadas, estimo que um casal consegue viver direitinho com um orçamento mensal a partir de CAD $2,300, levando em consideração o aluguel mais barato de um apartamento e as despesas mais em conta. Claro que sempre dá para economizar mais, por exemplo, cortando os supérfluos das compras de mercado ou alugando um quarto e dividindo um apartamento com mais pessoas, mas aí vai depender da disposição de cada um em economizar.

Não botei na lista o nosso gasto com lazer porque, de uma forma geral, a gente gasta mesmo é para comer fora (uns CAD $400 por mês), já que os outros passeios são gratuitos, como ir ao cinema (sempre ganhamos ingressos por usar o cartão de crédito do Scotiabank – vale a pena!), andar de bicicleta, fazer trilhas, picnics e comer e beber na casa de amigos. Não temos o hábito de sair para lugares chiques, bares nem noitadas, então os nossos gastos vão variar bastante em relação a quem gosta de fazer isso, mas de uma forma geral, as despesas básicas são as que listei aqui mesmo.

Espero que esse panorama possa ser útil para você e, se tiver alguma dica de como economizar e reduzir esses nossos custos, deixe aqui nos comentários, vou adorar saber! #preciso haha 🙂


-> Também quer morar e estudar no Canadá e precisa de indicação de agência? Neste post aqui te ajudamos e ainda descolamos um desconto pra você.


Confira mais posts sobre morar e estudar no Canadá:

Estudo no Canadá: Por quê indicamos a Nexus Intercâmbio

Pós-graduação na Langara College: Concluí meu curso no Canadá, e agora?

Emprego no Canadá: Como conseguir um na sua área de estudos

Será que morar no Canadá é pra você?

10 coisas (muito) boas de se morar em Vancouver

Quanto custa morar em Vancouver para um casal sem filhos

Como é voar Air Canada e passar pela imigração em Toronto

Marketing Management na Langara College: Primeiro mês de aula e minhas impressões

Checklist: O que resolver no Brasil antes de ir morar fora

Passo a passo para fazer college no Canadá: Como se matricular e tirar o visto de estudante

31 conselhos e dicas para quem vai estudar na Langara College

Dica para entrar no mercado de trabalho no Canada: Cursos de Continuing Studies da UBC

Estudar em Vancouver: O que eu achei do curso de continuing studies da UBC

Tudo que você queria saber sobre enviar dinheiro pela Western Union (e tinha preguiça de pesquisar)


Comentários

Tags:

32 comentários

  1. Avatar

    Parabéns pelo post e pelo blog Thais.
    Dessa forma como explanado no post temos uma visão sobre os custos gerais de se viver ai. Sendo que faltou ainda os custos com os semestres da sua pós.
    Realmente pra realidade da maioria dos brasileiros esses valores são bem altos.
    O maior problema que vejo que pra quem quer ir pro Canada e se virar sem ajuda de ninguém aqui do Brasil é o investimento inicial e o emprego posterior, quanto ira receber, se isso dará para cobrir os custos mensais, porque não temos ideia de quanto iremos receber depois de começar a trabalhar.
    De qualquer forma meu planejamento ainda esta na parte da fluência no inglês, no meu nível ainda não da, de jeito nenhum pra assistir series ou filmes sem legenda em português. Enquanto isso vamos juntando dinheiro… Porque do jeito que estou vendo vai ser beeeeem caro!

  2. Avatar

    Oi, Thaís!

    Muito bom, o texto!
    Vocês que querem adotar um pet, sabe quanto isso sairia a mais no mês, levando em conta ração e banho?

    E mais uma dúvida sobre banco, você indica este Scotiabank em termos de taxas e atendimento?

    Obrigado e parabéns, mais uma vez!

    1. Avatar

      Oi, Israel!

      Então, banho no cachorro a gente vai dar em casa mesmo, mas com ração e veterinário estamos estimando gastar uns 150 por mês. Tem que ver é em relação ao aluguel também, porque tem alguns landlords que tentam cobrar mais de quem tem cachorro!

      E sobre o banco, indico o Scotiabank de olhos fechados. Não tem taxa pra estudante internacional, o atendimento é excelente (te oferecem até chocolate quente na agência! haha) e a gente ganha ingresso pra várias coisas. Nunca paguei cinema aqui por causa dos brindes do cartão de crédito deles! 🙂

      Bjs

  3. Avatar

    Thais,
    Desculpas por postar novamente, mas como eu sei o valor de um curso de Langara?
    Não seria tão mais facil eles colocarem os valores de cada curso nas descrições ^^
    Por exemplo, tenho interesse nesse curso aqui https://langara.ca/programs-and-courses/programs/business-administration-post-degree/index.html mas como vou saber o valor sem ter que ficar enviando e-mail pra la?
    Obrigado!

    1. Avatar

      Oi, Edson!
      Você estava olhando o preço no lugar errado, tem que procurar na parte de International Studentes, já que o preço para estudantes internacionais é diferente. Dá uma olhada nesse link aqui, ó: https://langara.ca/registration-and-records/tuition-and-service-fees/international-student-fees.html
      Você já pensou em fazer a matrícula por uma agência? é bem mais fácil do que ficar lidando direto com a Langara, eles são meio enrolados pra dar informação lá!
      Bjs

      1. Avatar

        Obrigado pela resposta Thais!
        Então só pra ver se eu entendi. Eu teria que pagar 6000 CAD antes de chegar la e a cada semestre tenho que pagar mais 1.500 CAD. A agencia será a melhor opção com certeza. Mas isso esta no planejamento para daqui a 2 anos, por enquanto só tenho que me preocupar com o inglês ^^. De qualquer forma agradeço a atenção Thais.

  4. Avatar

    Tha, achei que você cobriu bem o que temos com gastos aqui e os meus gastos são muitos semelhantes com os seus em relação a valores. Muito bom o post, adorei!
    O investimento inicial é alto mesmo mas no Brasil a gente não consegue mobiliar uma casa mesmo convertendo o valor para real. Além disso, para viver com 2000 dolares aqui se tem um padrão de vida muito bom, se vive muito bem, algo que não se consegue no Brasil.

  5. […] “… só fique atento para ver se vale mesmo a pena comprar usado (já vi muita gente tentando vender coisas usadas nos grupos de brasileiros em Vancouver no Facebook pelo mesmo preço das coisas novas, ou então, vender porcarias que nem funcionam – eu mesma comprei uma torradeira que, quando fui ver com calma em casa, estava tão ferrada e nojenta que nem deu para usar.” (Fonte: Quanto custa morar em Vancouver para um casal sem filhos) […]

  6. Avatar

    Thais,
    Boa noite.

    Antes de mais nada, excelente seu post!! Basicamente, era tudo o que eu precisava saber, porquê meu amigo (ex chefe) está ai e não me mandou ainda.
    Claro que os valores mencionados, não posso converter dado o dolar CAD está em R$3,10 (+/-).
    A minha namorada e eu, estamos planejando ir em 2017, pois quero tirar o ILTS aqui, para “facilitar” nosso ingresso.

    Notei que as zonas 2 e 3 são mais distantes, mas o transporte publico aí funciona. Mas, em questão de tempo da zona 3 até a 1 é muito tempo e muito cheio?
    Você nota espaço para empreender, ou até mesmo investir?
    Por favor, quanto a empregos formais e informais, você tem algo para nos acrescentar?

    1. Avatar

      Obrigado e muito sucesso para vcs.

  7. Avatar

    Thais, tem wallmart perto de um estaçao de trem tambem… É que como vcs moram em Yaletown vcs pegam a linha diferente ate a Commercial pelo skytrain ne? Eu pegava o skytrain na Holdon, ai eu passava por um wallmart… Eu acho q era na Renfrew station..

    1. Avatar

      Oi, Daniel!
      Que boa dica, não sabia disso. Vou lá nesse Wallmart conhecer então. Brigada! 🙂
      Bjs

  8. Avatar

    Post muito útil! Tenho uma dúvida, qual é o salário médio de um emprego sem faculdade nem técnico, garçonete, essas coisas? Dá pra pagar essas despesas? Obrigada!

    1. Avatar

      Oi, Raysa! O salário mínimo em Vancouver é CAD $10,45 a hora, daí você faz as contas pelas horas trabalhadas. Garçonetes e outros funcionários de restaurantes costumam ganhar gorjetas, daí geralmente tiram mais que isso. Se você vai fazer college e trabalhar só 20h por semana, vai ficar difícil se manter só com esse salário, é bom economizar e ter uma reserva para gastar nesse período. Bjs!

  9. Avatar

    Oi,Thais,estou buscando Apt para alugar justamente nessa região, estou planejando fazer um curso de inglês na VEC de 10 semanas com os meus dois filhos. Mas todos os que eu achei até agora ultrapassam 2 mil(uns chegam a 3 mil dólares) dólares por mês. Apt de apenas um quarto.eh isso mesmo?vc conhece alguém que tem ou indica algum Apt mais em conta?estou planejando ir em novembro (para ficar nov dez e jan) deste ano ou maio de 2017.

  10. Avatar

    Oi Thais, tudo bem? Excelente seu blog, impressionante como encontramos informações úteis aqui!
    Fui aceito pra um College na Langara pra começar em Set/16, estou no processo de solicitação do visto.
    Queria sugestão a respeito da moradia.
    Inicialmente pensamos morar em Burnaby (somos um casal sem filhos), pois temos amigos lá, mas ficamos com receio de ficar longe e acabar gastando muito tempo no trajeto até a Langara ou Downtown Vancouver, onde minha esposa vai fazer um curso de inglês.. Vc gosta de morar em Yaletown? Como achou seu ap? Pelas fotos parece bem legal. Vi em outro post sobre o veterinário que achou por aí, importante tb, pois estamos levando nosso cachorro!
    Obrigado pela sua ajuda, vc talvez nem imagine como faz a diferença nesse momento delicado de ir morar fora.

    1. Avatar

      Oi, Emanuel!

      Conheço várias pessoas que moram em Burnaby e estudam ou trabalham em Dowtown e adoram. Lá é uma região muito legal e os alugueis são bem mais baratos que em downtown, acho que vale muito a pena. De skytrain, dependendo do lugar em Burnaby onde morar, você pode levar entre 25 e 45 minutos pra chegar em downtown, acho bem tranquilo, até porque o sistema de metrô em Vancouver é ótimo e funciona muito bem.
      Sobre Yaletown, eu amo muito o bairro! O problema é que o aluguel é bem mais caro aqui, você paga mais pra morar num quarto e sala do que pagaria num dois quartos em Burnaby, mas em compensação, está perto de tudo e em um lugar muito agradável. É questão de escolha e personalidade mesmo. 🙂 Nós achamos nosso apartamento no site Kijiji Vancouver. De qualquer forma, minha dica é alugar um apto temporário pelo AirBnb por duas semanas e alugar o apartamento definitivo quando já estiverem aqui, porque aí vão conhecer a cidade e ver onde é que realmente gostariam de morar. 😉
      Boa sorte! Bjs

      1. Avatar

        Muito obrigado pelas dicas, Thaís!

        Emanuel

  11. Avatar

    Olá Thais, obrigada por compartilhar suas experiências!! Tem me ajudado muito!!! Cursarei LEAP e pos degree na Langara e nesse momento estou na busca por apartamento, tenho pesquisado alguns sites, mas tenho receio de confirmar e quando chegar não ser exatamente o que estava nas fotos. Você alugou seu apartamento por esses sites de busca ou alugou após chegar em Vancouver? Se possível, poderia compartilhar?
    Muito Obrigada!!!

    1. Avatar

      Oi, Tatiane!

      Eu aluguei um apartamento temporário por 2 semanas pelo AirBnb e procurei o apartamento fixo depois que cheguei aqui. Minha dica é você fazer isso também, porque tem muito apartamento péssimo e alugar no escuro é um risco, e isso sem falar nas chances de golpe, que acontecem direto também.

      Bjs

      1. Avatar

        Muito Obrigada pelo retorno Thais!!!!!
        Pesquisarei no AirBnb
        Beijos

        1. Avatar

          Isso, procura sim que é a boa. Além do AirBnb, outro bom lugar pra procurar é o Alugue por Temporada (HomeAway.com). Eu uso os dois e gosto muito! :*

  12. Avatar

    Olá Thais,
    Planejo ir pra Vancouver com esposa e filha. Eu irei estudar em college (TI possivelmente) e minha esposa ficará por conta de cuidar da nossa filhinha que ainda é muito pequena. Ela teria o visto de trabalho full time, mas por enquanto ela não iria trabalhar. Você acha que ela conseguiria trabalhar em casa fazendo doces e comidinhas? você acha que existe demanda ou alguma barreira pra esse tipo de atividade?
    Um abraço.

    1. Avatar

      Oi, Carlos!
      Pra vender produtos de comer aqui é preciso conseguir uma licença do governo, então é um pouquinho mais complicado. Uma dica que eu daria seria ela oferecer de cuidar de outras crianças em casa. Vejo que muitos pais procuram, porque é super difícil arrumar creche por aqui… e aí, quem cuida de uma criança cuida de duas ou três também, né? hehe Boa sorte e desculpa a demora pra responder, o ritmo de trabalho e estudos está uma loucura por aqui! Bjss

  13. Avatar

    Excelente post! Pretendo passar uma temporada em Vancouver ano que vem e esse post me ajudou muito para eu ter noção do custo de vida.
    Adorei o apartamento de vocês, muito bonito!

    Parabéns 😉

  14. Avatar

    Oi Thaís, tudo bem?
    Parabéns pelo conteúdo do blog.
    Estou indo para Vancouver em abril e minhas aulas começam em maio. Peguei 8 dias de airbnb e preciso achar apartamento pet frendly nesse poucos dias. Tens alguma dica para me ajudar? Pesquiso muuuuito daqui, mas as opções são bem escassas.
    Seria muito pedir o nome do teu prédio? O valor que tu paga está dentro do nosso orçamento e seria bom ter algumas opções certas de prédios pet friendly.

    Muito obrigada!

    1. Avatar

      Oi Bruna!
      Eu uso o Craigslist, Kijiji e PadMapper pra achar apartamentos, tem funcionado até agora! Pet friendly é difícil, mas procurando bem e abrindo as opções (mais bairros, por exemplo) você acaba encontrando.
      Não me sinto confortável colocando o nome do meu prédio aqui, mas acho também que quando você já estiver aqui vai ser beeeem mais fácil de encontrar lugar. À distância é muito difícil, e corre o risco de você acabar alugando um muquifo sem ver! Minha opinião pelo menos, não funcionou pra mim.
      Bjs

  15. Avatar

    Oi Thais, tudo bem? Muito boa a sua matéria sobre gastos em Vancouver. Decidi ir entre dezembro e janeiro (to no aguardo do visto) e dei entrada no visto de SP + WP, vou fazer um college de 2 anos na greystone. Só que meu namorado decidiu também ir depois, no meio da análise do meu visto, consideramos nos casar pra ele ir como OWP, mas agora já foi.
    Vc se casou aí no Canadá, sabe dizer se tem como alterar o visto dele se a gente se casar aí?
    Por exemplo, dele ir também como estudante, a gente se casa e tenta alterar para owp. Enfim, espero que tenha sido clara 
    Por favor, me dá uma luz kkkk
    Beijos e boa sorte pra sua família!

    1. Avatar

      Oi Raissa,
      Eu e meu namorado fizemos a união estável aqui, mas cada um veio com seu visto de estudante e depois demos entrada na imigração como casal. Não precisamos passar por nenhum processo de troca de visto aqui, então não tenho como te falar por experiência, mas imagino que deve ser possível trocar o status do visto aqui sim, além de ser bem fácil casar aqui (você só compra um certificado na London Drugs rs).
      Vocês estão fazendo o visto por alguma empresa de imigração ou agência de intercâmbio? Eles têm que te passar essas informações bem explicadinhas!
      Boa sorte!
      Bjs

  16. Avatar

    Excelente o texto. Estou aqui com minha esposa faz uma semana e vimos que é exatamente isso!
    Parabens pelo blog.

  17. Avatar

    Belo resumo das despesas, de fato é mesmo caro morar por aí como todos falam!
    O negócio é morar num lugar mais frio mesmo, fica mais barato, rsrsrsrsrs.
    Partiu Quebec.
    Obrigado.

  18. […] Plano mensal de transporte: 91 dólares canadenses para quem vive na Zona 1 (Fonte: Viajadora) […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *