Guias, Dicas e outras coisas úteisVida de viajante

Os 10 mandamentos para uma viagem sem problemas

checklist viagem viajadora

Esse pode até ser um assunto desagradável, mas a verdade é que nenhuma viagem está livre de imprevistos que podem se tornar desde pequenos perrengues até um grande pesadelo. Por isso, é fundamental tomar algumas medidas para uma viagem sem problemas, impedindo-os que aconteçam ou, quando não for possível evitá-los, minimizar ao máximo suas consequências.

Neste post nós separamos os 10 mandamentos que seguimos para termos uma viagem sem problemas e evitarmos problemas. Tem dado certo até agora e temos certeza de que, se você seguir essas dicas, vai ter uma viagem muito mais tranquila e sem estresse também:

1) Confira as burocracias do lugar para onde você quer ir

Se está planejando uma viagem sem problemas para o exterior, a primeira coisa que você precisa fazer é checar se o país aonde quer ir exige visto e, se sim, como faz para tirar e quanto tempo leva. Além disso, é preciso verificar, também, se é necessário algum tipo de vacina, como a de febre amarela, ou se existe algum outro requerimento que pode atrapalhar a sua entrada no país. Alguns países têm processos de visto mais complicados/demorados e é preciso levar isso em conta para planejar a viagem com calma.

2) Separe os documentos

Assim como é preciso ver a questão dos vistos, é fundamental verificar se seus documentos estão todos em ordem para viajar sem estresse, principalmente o passaporte, já que a maioria dos países exige documentos com pelo menos seis meses de validade. Acredite, conheço gente que deixou pra conferir isso na véspera e só viajou porque deu muita sorte de conseguir tirar outro passaporte no esquema de emergência (e isso porque era passaporte europeu, hein). Para quem mora aqui no Rio, principalmente, a fila de espera para fazer um documento novo é bem grande e pode levar até meses para conseguir uma data, então programe-se. Além do passaporte, organize os cartões de crédito, a carteira de motorista, procurações e o que mais você for precisar e coloque tudo num saco para não esquecer nada.

3) Faça um checklist para uma viagem sem problemas

Por falar em não esquecer nada, meu conselho é fazer um checklist com tudo que precisa resolver antes de viajar e o que precisa levar na viagem, como os documentos, remédios, dinheiro, câmera, roupas e acessórios. Aí você vai ticando tudo que for botando na mala e dá uma última conferida na véspera para garantir que não deixou nada importante de fora.

Checklist de viagem Viajadora
Uma boa ideia é já deixar uma checklist básica salva no computador ou tablet, aí você só adiciona os itens que faltam de acordo com a viagem que for fazer. Facilita o trabalho!

4) Previna-se para o que pode dar errado

Imprevistos podem acontecer em uma viagem e não pensar neles só vai fazer com que seus efeitos sejam ainda piores caso aconteçam. Você pode perder o passaporte ou o cartão de crédito, ficar doente e precisar de médico, ser assaltado, etc. Ninguém está livre de ter um problema, por isso o ideal é ir preparado para minimizar os possíveis efeitos. Faça cópias do seu passaporte e outros documentos, sempre viaje com um seguro saúde comprado, divida seu dinheiro em lugares diferentes e leve um cartão de crédito extra… Pense em tudo que pode dar errado e  o que você pode fazer para evitar. Uma coisa que eu acho muito importante quando a gente viaja, por exemplo, é levar anotados os contatos da operadora do cartão de crédito e das embaixadas brasileiras mais próximas para pedir auxílio em caso de problemas.

5) Confira o clima do lugar

Não confie só em como você acha que é ou leu que costuma ser o clima em algum lugar: na véspera da viagem, confira em sites de meteorologia como o Climatempo e afins como está o clima na região para evitar surpresas desagradáveis como um frio inesperado sem ter roupas quentinhas ou o contrário, levar um monte de casacos e calças para um lugar onde está fazendo o maior calor. Eu aprendi isso na marra quando viajei pela primeira vez para o Sudeste Asiático e só levei vestidinhos e shorts, e até a única meia que eu tinha levado larguei no albergue na Tailândia para diminuir o peso da mochila. E aí quando cheguei em Hanoi, no Vietnã, vestindo uma calça feita com pano de canga e chinelos, fazia menos de 10°C e eu nunca passei tanto frio na vida! Agora também, aprendi… pelo menos a nunca abrir espaço na bagagem deixando as meias para trás. haha

Aguardando no aeroporto de Ho Chi Minh City a ida para Hanoi Viajadora
Todas felizes de chinelo e calça feita de canga no aeroporto de Ho Chi Minh City esperando o voo para Hanoi… onde fazia menos de 10°C quando chegamos. Seeeempre confira o clima antes de ir para algum lugar!

 

6) Reserve o que for preciso reservar

Eu sou a primeira a falar que acho bem melhor viajar sem reservas para ter mais liberdade, mas entendo que em alguns casos isso pode gerar muito estresse e imprevistos desagradáveis. Quando eu fui remar nas cavernas de gelo do Alasca, por exemplo, só consegui lugar num tour porque duas pessoas tinham desistido, e isso poderia ter estragado o passeio. Ficar procurando hotéis em cidades lotadas também pode ser bem estressante para algumas pessoas, por isso pense em como gosta de viajar, no seu grau de tolerância para o acaso e reserve o que achar necessário para fazer uma viagem mais tranquila.

7) Deixe tudo direitinho em casa

Antes de ir, coloque as contas no débito automático e, o que não for possível, peça para algum amigo ou parente fazer o favor de pegar na sua casa e pagar para você. Além disso, deixe tudo ajeitado em casa para evitar surpresinhas desagradáveis na volta. Lembre de, quando sair, fechar o gás, tirar o lixo, pedir para alguém regar as plantas, verificar se não há nenhum vazamento de água e outras medidas que achar necessárias.

8) Adiante o trabalho ao máximo

Adiante o máximo que puder do seu trabalho para ter um retorno mais tranquilo depois das férias e, também, facilitar a vida de quem vai te substituir na sua ausência. Uma coisa que sempre funciona é fazer uma lista com prazos do que precisa ser feito e repassar com seu chefe e seu substituto antes de você sair de férias. Aí quando voltar é só conferir o que foi feito e como estão as coisas. Isso diminui o sofrimento da volta ao trabalho e, quanto mais organizado e explicado você deixar tudo, menores as chances de te ligarem ou mandarem emails durante as suas férias, o que é um alívio e tanto para o estresse.

9) Avise todo mundo que importa

Avise sua família e amigos sobre as datas e os itinerários da sua viagem, combine de que forma irão se comunicar e dê qualquer informação ou orientação que ache que eles possam precisar quando você estiver fora. Informar seu itinerário, aliás, é fundamental para o caso de qualquer emergência que surja, tanto no seu país de origem quanto na viagem. Assim você garante uma viagem sem problemas.

10) Proteja-se do tédio e da fome

Enfrentar longas distâncias de viagem em transporte público e longos tempos de espera é comum em grandes viagens e pode se tornar algo estressante e cansativo. Por isso leve sempre um arsenalzinho de coisas para se prevenir do tédio, como livro, mp3 player, tablet e um diário para fazer anotações. Eu levo isso tudo e também vários lanchinhos, porque só deus sabe como fico raivosa quando estou com fome e sem previsão de comer em breve. haha Essas medidas para a distração, aliás, são fundamentais principalmente para quem viaja com crianças: mantê-las quietas e entretidas é um favor que você faz não só para a sua paz como, principalmente, para a de todos os outros viajantes à sua volta.

Acreditamos que, seguindo essas dicas, é certo de você  ter uma viagem sem problemas, mais tranquila e suave. 🙂

Mas e aí, acha que deixamos alguma dica de fora? Conte sua estratégia para a gente!

boa viagem mandamentos viagem sem problemas

Comentários

Tags:

2 comentários

  1. […] (Obs: Fiquei nessa situação porque arrumei a mochila na hora de ir para o aeroporto e, na ocasião, estava tão distraída que pensei “ah, Tailândia, Vietnã… naqueles lados da Ásia vai ser tudo quente!”. Cometi o erro número um do viajante burro: não li sobre a temperatura nos lugares que ia, e lá estava eu com uma mochila cheia de biquínis e vestidos. Mas agora eu aprendi.) […]

  2. Avatar

    Muito bom site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *