Cidade de São PauloPelo BrasilSão Paulo

Onde ficar em São Paulo: Viva Hostel Design

Além de ser o centro econômico brasileiro, São Paulo atrai cada vez mais turistas interessados em conhecer as atrações culturais, históricas e gastronômicas da cidade, e o que não faltam são opções de hospedagem confortáveis e acessíveis para quem quer ficar bem no centro de onde as coisas acontecem. A Paula Batalha, Viajadora honorária e mascote aqui do blog, é uma dessas pessoas interessadas em conhecer as atrações da maior metrópole do país, e gostou tanto de um hostel em que ficou por lá, que escreveu este post para dar a dica de onde ficar em São Paulo. Então, fiquem agora com a palavra da Paula sobre o Viva Hostel Design, na Vila Madalena:

“ Sempre que vou a São Paulo, procuro ficar em lugares de fácil acesso e perto da vida noturna, razão pela qual escolhi o Viva Hostel Design (este aqui), na Vila Madalena, um dos bairros mais concorridos da cidade por ser um reduto da boemia paulistana. O hostel fica na rua Girassol, uma das charmosas ladeiras da região, próximo à estação de metrô Vila Madalena e a uma curta distância de bares, restaurantes, casas noturnas e atrações turísticas.

Como é o hostel: conforto e privacidade

Logo de cara a fachada do hostel conquista nossa simpatia com sua carinha de casa, discreta e simples com um pequeno portão para pedestres, que abriga espaços extremamente bem planejados, com áreas comuns amplas e confortáveis. Conforto e privacidade, aliás, são as palavras de ordem do lugar, que mesmo com quartos comunitários e a atmosfera amigável típica de um hostel, permite que cada um tenha o sossego e o conforto que desejar em seus momentos de descanso.

Viajadora: Recepção do Viva Hostel Design
Recepção do Viva Hostel Design
Viajadora: Lounge do Viva Hostel Design
Lounge bem aconchegante 🙂

Para deixar isso bem claro, vou listar aqui os pontos que mais me chamaram a atenção no Viva Hostel Design:

10 razões para se hospedar no Viva Hostel Design

– A rua Girassol e algumas outras perpendiculares e transversais, como a rua Aspicuelta , são lugares que fervem na noite, com muito movimento e ótimas opções de bares e restaurantes. Em 10 minutos de caminhada dá para curtir a noite e depois voltar rapidinho para dormir sem se preocupar com o barulho. Silêncio para mim não tem preço para uma boa noite de sono, e o Viva Hostel Design oferece muita tranquilidade com sua ótima localização.

– Com a estrutura de uma casa grande clássica, os quartos são voltados para o fundo do terreno, o que também permite o silêncio mesmo que esteja acontecendo alguma confraternização dos hóspedes nas áreas comuns.

– As camas são dispostas em cada quarto de forma que o hóspede tenha um pouco mais de privacidade mesmo nos quartos coletivos, com iluminação própria em cada cama para quem quiser ler e arrumar suas coisas sem incomodar os colegas de quarto.

– E elas são ma-ra-vi-lho-sas, padrão hotel mesmo, com colchões de densidade 33 e lençóis percal de 180 fios. Tão boas que nem dá vontade de levantar!

Viajadora: Quarto compartilhado Viva Hostel SP
Boas e super diferentes
Viajadora: Quarto feminino Viva Hostel Design Sp
Tanto no quarto feminino,
Quarto Compartilhado Viva Hostel Design
Quanto no compartilhado
Camas king size Viva Hostel Design
E tem até quarto com cama king size! (Foto: www.vivahostel.com.br)

– Os lockers têm iluminação e tomada individual interna, que dá para carregar as bugingangas eletrônicas sem a preocupação de alguém mexer.

– Todos os quartos são climatizados, com um excelente ar condicionado. Além disso, são suítes, então nada de ficar dividindo banheiro xexelento com dúzias de pessoas.

Banheiro Viva Hostel Design
E os banheiros ainda são bem espaçosos

 

– As áreas comuns que ocupam a frente do terreno são planejadas para promover a ventilação, bem fresquinhas e agradáveis.

– Internet wifi rápida em cada quarto e uma rede separada para as áreas comuns, então não rola aquela lerdeza comum nos horários de pico que costumam acontecer nos outros hostels.

– Cozinha enorme e super equipada, e uma churrasqueira interna que permite um bom churrasco em dias tanto de sol quanto de chuva.

Super cozinha do Viva Hostel Design
Super cozinha do Viva Hostel (Foto: www.vivahostel.com.br)

– A equipe de funcionários do hostel é muito legal e cheia de dicas para dar do que fazer e aonde, e os melhores horários para cada coisa. O Helcio, ótimo anfitrião, fez um jantar simples e delicioso com caipirinhas para enturmar os hóspedes antes de irmos conhecer a noite da Vila Madalena, foi muito bom!

Recepção Equipe Viva Hostel Design SP Viajadora
Equipe nota 10!

 O que fazer nos arredores do Viva Hostel Design

A equipe do hostel pode indicar passeios com bons descontos para os hóspedes, eu mesma fiz o bike tour e adorei. Mas além dos passeios, a Vila Madalena tem muitos atrativos, é um bairro tão badalado que tem até site para quem quiser acompanhar a programação e as novidades por lá. São diversas galerias de arte, lojas alternativas, outlets, livrarias e sebos com todo tipo de tesouros, uma mercearia tradicional em funcionamento desde os anos 1960 e até um cemitério com mais de 180 esculturas consideradas de alto valor artístico, para quem curte arte tumular.

Vale muito a pena caminhar com calma e tranquilidade para ver todos os detalhes do bairro. Andando por uma das ladeiras de lá, aliás, em um sábado, descendo pela Escada do Patápio, fiz uma parada estratégica para conhecer uma feira de produtores independentes ocupando uma das ruas no pé da escadaria com cadeiras de praia, mesas e produtos artesanais e orgânicos. Aproveitei para fazer umas comprinhas. Pelo que alguns fornecedores ali me disseram, a feira acontece com bastante frequência nos fins de semana.

Escada do Patápio perto Viva Hostel Design
Escada do Patápio
Vila dos produtores independentes perto Viva Hostel Design
Um pedaço da feira de produtores independentes

Ali por perto se encontra o Beco do Batman, uma antes pacata e residencial ruela que se tornou uma ‘galeria de arte’ contemporânea dinâmica e super visitada. A origem do nome veio dos anos 1980, quando um desenho rechonchudo que remetia ao personagem em questão apareceu grafitado em uma das paredes. Desde então, os grafites não pararam de surgir, e é muito legal tirar um tempinho para observar todos eles em detalhes. Para quem gosta de grafite, aliás, vale ficar de olho nas muitas obras de arte espalhadas por outras paredes do bairro.

Beco do Batman perto Viva Hostel Design
O Beco do Batman é muito muito legal
Beco do Batman perto do Viva Hostel Design
Mais do Beco
Paula no Beco do Batman perto do Viva Hostel Design
De perto

Aos sábados, a apenas 20 minutos de caminhada desde o hostel, acontece a Feira da Benedito Calixto, uma feira de antiguidades com vários shows de artistas na rua, mais de 300 expositores e muitas comidas típicas deliciosas. A feira funciona de 9h às 19h.

Um pouquinho mais longe do hostel, mas mesmo assim valendo a visita, fica o Instituto Tomie Ohtake, aberto de terça a domingo, das 11h às 20h. O espaço tem diversas exposições, com muitas artes plásticas, e peças de design e arquitetura. E às vezes também tem exposições de fotografia, cinema e teatro, vale a pena conferir.

A entrada do Instituto Tomi perto do Viva Hostel Design
A entrada do Instituto Tomi

Já quando a noite cai, é possível encontrar um pouco de tudo na Vila Madalena. De casas de show tocando jazz e blues até baladas disputadas e restaurantes para todos os gostos. É muito bom passear pelas ruas e ver o movimento, com pessoas simpáticas, animadas e receptivas. E para quem quiser algo mais exótico, dá até para dar uma voltinha de tuk-tuk (São Paulo pode ser surpreendente mesmo!)

Paula no tuktukt na Noite Vila Madalena perto do Viva Hostel Design
:))

Quanto custa:

O valor da diária varia de acordo com o tipo de quarto escolhido. Você pode ver os preços e fazer sua reserva neste link. Existem quartos mistos para até oito pessoas e quartos femininos para até seis pessoas, além de quartos duplos, triplos ou individuais. E todos suítes, como já falei.

O café da manha está incluido no valor da estadia. É simples mas bem feito e bem gostoso, com opções de suco de fruta, leite, café, pães, frios e bolo. E para quem quiser alguma bebida diferente, o hostel também tem algumas opções para vender, inclusive aquela cerveja gelada para quem quiser fazer um aquecimento antes de sair para a noite da Vila Madalena.”

Cafe da manhã no Viva Hostel Design
Café da manhã, simples e gostoso
Viajadora: Lounge Viva Hostel Design
Lounge e área do café da manhã

Onde fica o Viva Hostel Design

Rua Girassol, 1262, Vila Madalena
São Paulo – SP


 

Comentários

Tags:

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *