JalapãoPelo BrasilTocantins

Jalapão – Uma visão geral sobre a expedição

Viajadora: Caminhao Mamute da Expedição Jalapão Venturas

 

Como contamos no post sobre a promoção Curtlo, ganhamos uma viagem para o Jalapão em uma promoção da marca de artigos de aventura Curtlo e da agência Venturas. Depois de uma espera ansiosa e empolgada, finalmente chegou o dia 24 de maio, quando embarcamos na Expedição Jalapão rumo a um paraíso que desconhecíamos e, agora, nunca mais esqueceremos.

Voltamos há menos de duas semanas e ainda estamos encantadas com todas as aventuras. Vamos fazer uma série de posts sobre a experiência de participar da maior expedição de rafting comercial do Brasil e todos os detalhes da viagem. São tantas fotos e vídeos! Para começar, vamos colocar aqui o roteiro completo e falar um pouco sobre a expedição, para ir matando a curiosidade de todo mundo que quer saber mais.

O que é a Expedição Jalapão Venturas

O Jalapão é uma área de 34.000 Km2 de cerrado no centro-leste do estado de Tocantins, ainda bem conservada e pouco povoada. Para se ter uma ideia, nesse espaço todo existem apenas oito cidadezinhas, sendo a maior delas Ponte Alta, intitulada “A Capital do Jalapão” por seus 8.000 moradores. Quase todas as estradas pelo meio do cerrado são de terra e intransitáveis para veículos sem tração 4×4. É possível rodar por horas sem ver nenhum sinal de gente. Por causa disso, é um destino difícil para quem quer alugar um carro e explorar sozinho, razão pela qual a maioria das pessoas que viaja por lá opta por participar de expedições que oferecem transporte, acomodação e alimentação.

Cada agência oferece uma expedição diferente, embora todas visitem os pontos turísticos mais famosos. Os preços variam de acordo com os tipos de atividades oferecidas e o grau de mordomia que se busca. A Expedição Jalapão da Venturas é a mais tradicional da região, realizada desde o início dos anos 90, e também a única que oferece rafting (as outras só realizam passeios de caiaque por pequenas extensões). A primeira metade da viagem é feita no Mamute, o caminhão que desbrava as estradas inóspitas, enquanto a segunda é feita de bote, descendo as corredeiras do Rio Novo durante três dias e acampando nas praias ao longo do trajeto.

Mapa da Expedição Jalapão Viajadora: Dia a Dia
Neste mapa da Venturas, é possível conferir todo o trajeto da Expedição Jalapão, com os trechos feitos pelo caminhão e pelo rafting e com os locais de acampamento e atrativos pelo caminho

A viagem 

Se tem uma coisa que me deixa apreensiva em relação a viajar com grupos é a possibilidade de cair num grupo ruim e ficar presa a ele durante toda a viagem, como já me aconteceu. Mas desta vez demos sorte e o pessoal se deu bem no momento em que se encontrou na manhã de domingo para iniciar a viagem. Parecia mesmo que todo mundo já se conhecia há mais tempo, fazendo brincadeiras e com muito bom humor, e as idades variavam entre 21 e 64 anos. Acompanhando o grupo, seis guias com treinamento de rafting e o dono do caminhão, Massimo Desiati, responsável por criar a expedição e, em grande parte, por expandir o rafting no Brasil e iniciar o turismo de natureza no Tocantins.

Passamos longas horas no caminhão, que não tem ar condicionado e sacoleja bastante na estrada de terra. Mas a simpatia dos guias, a trilha sonora, o clima de alegria e as paradas para lanchar e ir ao “banheiro” no mato faziam o tempo passar mais rápido entre um trecho e outro. A cada chegada nos destinos de pernoite, todas as tralhas eram retiradas do caminhão e o acampamento era montado rapidamente, para depois jantarmos a comida deliciosa preparada pelos guias. Na manhã seguinte, café da manhã, desmontar tudo e seguir viagem.

E na hora de partir pro rafting, preparar os barcos, dar um tchauzinho pro caminhão, alongar os músculos e seguir rio abaixo em uma das melhores opções de viagem para quem gosta de aventura e natureza em estado (quase) bruto. Esse rafting pelo Rio Novo, aliás, é o maior do país, se estendendo por 60 km durante três dias, e é a parte mais divertida da viagem, com várias corredeiras de nível 4 e 4+ muito emocionantes (a classificação vai de 1 a 6, sendo 6 aquelas nunca descidas pelo homem).

Grupo da Expedição Jalapão - Viajadora
Nossogrupo, eleito pelos guias o melhor da temporada (éramos o primeiro e único até o momento, mas título é título)
Grupo da Expedição Jalapão dentro do Caminhão Mamute - Viajadora
Todos muito bem acomodados dentro do caminhão Mamute
Na Estrada com o Caminhão Mamute - Expedição Jalapão Viajadora
Nas estradas do cerrado
Expedição Jalapão Viajadora: Thais e Mari na estrada do Cerrado
Felizes na volta do “banheiro” 🙂
Thais e Mari na Expedição Jalapão - Viajadora
Selfie de cima do caminhão, antes do inesquecível anoitecer do Jalapão
Rafting na Expedição Jalapão - Viajadora
Durante os dias de rafting, todos os equipamentos do acampamento vão dentro dos botes, descendo o rio junto com o grupo

 

Thais e Mari no Rafting no Jalapão - Viajadora
Xiiiis! Intervalo no rafting, logo antes de descer uma corredeira 4

Por onde passamos

1° Dia de Viagem

  • Pôr-do-sol na Serra do Gorgulho
  • Pernoite na fazenda do Seu Camilo

Leia tudo sobre esse dia no post  1° dia da Expedição Jalapão Venturas: Muito chão e o por do sol na Serra do Gorgulho

Viajadora: Dia 1 Expedição Jalapão - Serra do Gorgulho e Acampamento
A Serra do Gorgulho e nosso acampamento

2° Dia de Viagem

  • Mergulho no Rio do Sono
  • Cachoeira do Formiga
  • Pernoite no povoado do Mumbuca

Leia tudo sobre esse dia no post 2° dia da Expedição Jalapão Venturas: Cachoeira do Formiga e povoado do Mumbuca

Viajadora: Dia 2 Expedição Jalapão - Cachoeira do Formiga
Olha a cor da água da cachoeira do Formiga!! E depois, selfie com as criancinhas do povoado do Mumbuca

3° Dia de Viagem

  • Fervedouro do Ceiça
  • Banho no Rio do Carrapato (que não tem carrapato, antes que perguntem… Hehe)
  • Dunas do Jalapão
  • Pernoite na praia do Liliu

Leia tudo sobre esse dia no post 3° dia da Expedição Jalapão Venturas: Fervedouro do Ceiça e por do sol nas dunas

Viajadora: Dia 2 Expedição Jalapão - Fervedouro do Ceiça e as Dunas do Jalapão
Fervedouro do Ceiça e as Dunas do Jalapão

4° Dia de Viagem

  • Início do rafting
  • Rio calmo na maior parte do tempo, com flutuação e algumas corredeiras menores.
  • Pernoite na Praia das Cariocas (que lugar mágico!), com direito a jantar inesquecível e fogueira

Leia tudo sobre esse dia no post 4° dia da Expedição Jalapão Venturas: O início do rafting pelo Rio Novo

Viajadora: Dia 4 Expedição Jalapão

 Dia de Viagem

  • Corredeiras de nível 2, 3 e 4
  • Pernoite na Praia dos Buritis Pelados

Leia tudo sobre esse dia no post 5° dia da Expedição Jalapão Venturas: Rafting com corredeiras nervosas, uhul!

Viajadora: Dia 5 Expedição Jalapão

6° Dia de Viagem

  • Remada até a Cachoeira da Velha (vista de cima, de baixo e por trás)
  • Várias descidas nível 4 seguidas (o dia mais emocionante!)
  • Reencontro com o caminhão: almoço e volta para Palmas
  • Chegada em Palmas por volta das 22h.

Leia tudo sobre esse dia no post Último dia da Expedição Jalapão Venturas: Cachoeira da Velha e as corredeiras mais radicais

Viajadora: Dia 5 Expedição Jalapão - Rafting na Cachoeira da Velha
A Cachoeira da Velha e uma das corredeiras sinistras!

No fim das contas, sabe quando os meses no trabalho passam e a gente nem sente, tudo sempre igual – “nossa, já acabou o ano!” – , mas quando viajamos vivemos tanta coisa, que é como se tivesse passado muito mais tempo? Então! A expedição durou seis dias, mas o pessoal ficou tão próximo e viu e viveu tantas coisas junto, que a sensação foi de que passou muito mais tempo. Ah, se todos os dias da vida fossem tão cheios de novidades assim!

Postaremos por aqui vários textos com informações mais completas sobre todos os dias da viagem e detalhes da expedição, como o rafting e a logística para se organizar uma expedição desse porte. Fique de olho aqui no blog, acompanhe, comente… Vai ser um prazer saber sua opinião! E se já fez algo assim, conte pra gente também, adoramos a experiência e queremos repetir, então qualquer sugestão é bem-vinda! 😉


Outros posts sobre o Jalapão:

1° dia da Expedição Jalapão: muito chão e o pôr-do-sol na Serra do Gorgulho

2° dia da Expedição Jalapão Venturas: Cachoeira do Formiga e povoado do Mumbuca

3° dia da Expedição Jalapão: Fervedouro do Ceiça e pôr-do-sol nas dunas

4° dia da Expedição Jalapão Venturas: O início do rafting pelo Rio Novo

5° dia da Expedição Jalapão Venturas: Rafting com corredeiras nervosas, uhul!

Último dia da Expedição Jalapão Venturas: Cachoeira da Velha e as corredeiras mais radicais


Comentários

Tags:

10 comentários

  1. Avatar

    Nice pics!!!!!!!!! look like a fun trip!!!!!!!!!

  2. […] Curlto e da Venturas, que foram muito legais com a gente o tempo todo, antes, durante e depois da Expedição, e que ofereceram os ThermoFleeces extras em colaboração com a nossa […]

  3. […] a ida da capital de Tocantins, Palmas, para a região do Jalapão, já que, como comentamos aqui, as distâncias por lá são grandes e boa parte do caminho é de terra. Foram cerca de seis horas […]

  4. […] um dia ia acabar passando dois dias lá e gostando. Mas a verdade é que, para quem viaja para o Jalapão, seja em pacote turístico ou por conta própria, Palmas acaba sendo parada obrigatória no início […]

  5. […] Jalapão – Uma visão geral sobre a expedição […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *