Financiamento de imóvel no Canadá: Passo a passo para fazer uma hipoteca

1
Financiamento de imóvel no Canadá-Cachorro olhando pela janela de casa em British Columbia

Há pouco mais de um ano, eu e Thiago compramos nosso primeiro imóvel no Canadá, realizando o sonho da casa própria e ficando mais tranquilos sem a pressão dos altos alugueis. Para isso fizemos um financiamento – a famosa hipoteca – um processo que levou aproximadamente dois meses para ser concluído e correu muito bem, apesar da burocracia. Como foi tudo novo pra gente, imaginei que outros imigrantes também gostariam de saber, por isso neste post conto como financiar um imóvel no Canadá:

Passo 1 – Entender como funciona o financiamento de imóvel no Canadá

Os financiamentos, aqui chamados de hipotecas (mortgages), têm algumas diferenças em relação aos brasileiros, por isso é legal aprender alguns detalhes para planejar o seu:

A entrada necessária – O ideal é dar pelo menos 20% do valor do imóvel de entrada para fazer uma hipoteca convencional e, assim, pagar menos taxas e prestações menores. Mas isso é difícil para quem está no Canadá há pouco tempo, então é possível dar uma entrada menor (mínimo de 5% do valor do imóvel) pagando uma taxa extra – foi o que fizemos, e que aumenta o valor a ser pago no total, mas que ainda assim valeu a pena em comparação a pagar aluguel.

Mortgage term e taxa de juros – As condições de contrato da hipoteca, como os juros, por exemplo, são revistas depois de um certo tempo a ser combinado entre o cliente e a instituição financeira. O tempo mínimo pode ser até seis meses, mas o mais comum é cinco anos – um prazo legal pra juntar dinheiro e conseguir vantagens na hora de renegociar o contrato, que é o que pretendemos fazer. Já as taxas de juros (interest rates) podem ser fixas (o mesmo valor por todo o período, combinado no momento da compra), variáveis de acordo com o mercado, ou ajustáveis. Como as taxas do Canadá costumam ser bem baixas, por volta de 2,5%, optamos pelas taxas variáveis e tem sido bom até o momento, já que o valor da prestação tem diminuido com a queda nos juros.

Amortização – É o período para quitar toda a dívida, geralmente de 25 anos, mas que pode ser maior ou menor, com o valor das taxas e da prestação variando de acordo. Se você pretende quitar o financiamento ou vender o imóvel antes do período da amortização, é melhor pegar uma open mortgage, que permite pagar todo ou parte do valor a qualquer momento sem multa. Uma closed mortgage, ao contrário, tem uma prestação fixa e não pode ser paga antes do final do termo sem penalidade.

Frequência de pagamento– Você escolhe se quer pagar prestações mensais, quinzenais ou semanais. Pagar semanalmente proporciona uma boa economa nos juros a longo prazo.

Passo 2 – Decidir o tipo de hipoteca e por onde vai pegar

Existem muitos bancos e empresas que oferecem financiamento aqui, cada um com condições diferentes. Por isso, o primeiro passo é pesquisar bem e escolher a hipoteca mais adequada para a sua realidade, renda e objetivos, como o tempo em que pretende quitar a dívida ou quanto tem disponível para a entrada.

Você pode pesquisar por conta própria e iniciar sozinho o processo, mas assim como falei nos posts sobre como tirar o visto e como estudar no Canadá, o jeito mais seguro e prático é com assessoria profissional. No caso de comprar um imóvel no Canadá, quem assessora é o mortgage broker, que vai analisar as seguintes informações:

  • Sua renda bruta (ou a do casal, se você for comprar com seu parceiro)
  • Suas despesas totais mensais
  • Se você tem dívidas e outros financiamentos (linha de crédito, pagamento de carro, dívida de cartão de crédito, etc)
  • Seu credit score

A partir desse panorama da sua situação financeira, ele vai identificar o melhor tipo de hipoteca pra você, recomendar o valor do empréstimo que caiba no seu orçamento e escolher a melhor empresa para fornecer a hipoteca. Quando vocês chegarem a um acordo, ele então vai te orientar sobre os documentos necessários e dar entrada no processo para que a sua hipoteca seja aprovada.

Nosso mortgage broker foi o David Ford, da Sparo Mortgage. Ele foi até nossa casa, conversou conosco por uma hora e, depois de mandarmos nossos contracheques e informações, nos deu toda a orientação necessária – que foi muita, aliás, porque não sabíamos absolutamente nada. Por falar nisso, uma dica boa é listar todas as suas dúvidas, para não esquecer nada na hora da reunião.

Passo 3 – Providenciar a documentação e ter sua hipoteca pré-aprovada

Nesta etapa, o mortgage broker vai mandar sua informação para a empresa de hipoteca que ele recomenda para o seu caso. A empresa então vai analisar seu perfil e pré-aprovar seu financiamento, te dando as seguintes informações:

  • O valor máximo de financiamento que você pode pegar
  • O valor estimado das prestações
  • As taxas de juro possíveis

Os documentos que o mortgage broker vai te pedir são os seguintes:

  • Documentos de identidade (passaporte ou identidade canadense e cartão de residente permanente)
  • Prova de que você tem um emprego (geralmente o contracheque e carta do seu empregador dizendo que você trabalha lá há X anos, etc)
  • Prova de que você tem o dinheiro da entrada (extrato bancário e saldos de investimentos)
  • Informações sobre outros bens que você tenha (como um imóvel no Brasil, por exemplo)
  • Informações sobre as suas obrigações financeiras (como despesas com cartão de crédito, empréstimo estudantil, pagamento de pensão alimentícia, etc)
  • Caso você vá transferir dinheiro do Brasil para pagar a entrada, vai precisar apresentar informações sobre sua conta lá também
  • E por último, se alguém for te dar parte do dinheiro da entrada – seus pais, por exemplo – você vai precisar apresentar uma gift letter, que é uma carta assinada por quem estiver te dando o dinheiro, e o comprovante e histórico das transferências.

É bem chatinho juntar todos esses documentos e informações, por isso quanto mais organizado você for, melhor. Vale a pena preparar e se planejar com antecedência, por exemplo, vendo a forma mais fácil de comprovar as transferências do Brasil pra cá.

Passo 4 – Encontrar um imóvel dentro das suas possibilidades

Quando sua hipoteca for pré-aprovada, o mortgage broker vai te dar o sinal verde para procurar um imóvel na faixa de preço aprovada. Mas isso não quer dizer que você vai receber o valor máximo do empréstimo – vai depender do imóvel que você quiser comprar e da entrada que pode dar. De qualquer forma, é melhor procurar imóveis abaixo do valor, porque você vai ter despesas significativas no momento da compra, como o pagamento da documentação, e para não ficar com o orçamento mensal muito apertado.

realtor Carolyn Pogue from Pogue Real State
Carolyn Pogue foi a realtor que nos ajudou a achar e comprar nosso apartamento, e nós amamos o atendimento e suporte que ela nos deu!

Diferentemente do Brasil, onde um corretor só cuida da venda, no Canadá tanto o vendedor quanto o comprador precisam ser representados por seu próprio corretor – chamado aqui de realtor. A boa notícia é que quem paga a comissão dos dois realtors é quem está vendendo, e é ótimo ter um realtor especialmente interessado em encontrar o melhor imóvel pra você.

Nossa realtor foi a Carolyn Pogue, do Pogue Real Estate Group. Ela foi super paciente em providenciar informações e responder nossas centenas de dúvidas, nunca nos pressionou e nos orientou em todas as etapas, o que ajudou muito a diminuir o estresse do processo da compra do nosso imóvel. E quando encontramos o nosso apartamento, ela rapidamente fez contato com o vendedor e com nosso mortgage broker e cuidou de todo o nosso processo para a hipoteca ser aprovada. Eu não poderia recomendar ninguém melhor!

E é isso que você precisa saber sobre fazer um financiamento de imóvel no Canadá!

Se quiser ainda mais informações, o site oficial do governo do Canadá tem uma área só sobre mortgages no país, vale a pena consultar!

Semana que vem vou postar o passo-a-passo para encontrar e comprar o seu imóvel no Canadá, com muitos detalhes sobre essa segunda parte do processo. Se tiver alguma dúvida ou algo que gostaria de saber, deixe aqui embaixo nos comentários que eu respondo! 😊

Comentários

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui