Dicas de ViagemVida de viajante

Como tirar passaporte de bebê

O nosso primeiro mascote humano do blog mal nasceu e já tem uma viagem internacional planejada. Não fechamos a data ainda, mas se tudo der certo em breve vamos embarcar com o Miguel. O destino é nos EUA e assim que definirmos as coisas, contaremos aqui os detalhes. Estamos bastante animados e sempre que for possível pretendemos viajar com ele, já que viajar com bebês de avião sai praticamente de graça (bebês até 2 anos pagam só 10% do valor da passagem aérea se viajarem no colo). 

Enquanto vamos definindo a viagem, fica aqui este post para quem, assim como eu, precisa tirar o passaporte de um bebê (também tem o post sobre a saga da foto do passaporte, e como tirá-la em casa). Depois postarei aqui sobre como tirar visto americano para bebê também.

A necessidade de passaporte

Antes de mais nada, vale lembrar que o bebê só precisa de passaporte se vai viajar para o exterior e para países de fora do Mercosul. Em viagens para países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela) é necessário documento de identidade. E para viagens dentro do Brasil, a certidão de nascimento já é suficiente.

A validade do passaporte é menor para crianças, então só vale a pena tirar quando surgir mesmo uma viagem. No caso do Miguel, o passaporte vai valer só um ano. As validades dependem da idade, ó:

  • Menores de 1 ano – Validade 1 ano
  • De 1 ano completo a 2 anos incompletos – Validade 2 anos
  • De 2 anos completos a 3 anos incompletos – Validade 3 anos
  • De 3 anos completos a 4 anos incompletos – Validade 4 anos
  • De 4 anos completos a 18 anos incompletos – Validade 5 anos
  • De 18 anos completos ou mais – Validade 10 anos

As etapas do processo

De maneira geral, o passaporte de um bebê segue as mesmas etapas do que de um adulto, com pequenas diferenças. E o que é preciso fazer é o seguinte:

  1. Entrar no site da Polícia Federal, escolher a opção “Requerer Passaporte” e então solicitar a emissão do passaporte.
  2. Preencher todos os dados e pagar a GRU, que será gerada ao final do processo, no valor de R$ 257,25.
  3. Após compensação do pagamento (1 a 3 dias), é preciso agendar o atendimento presencial. O bebê precisa comparecer, assim como os dois pais responsáveis. Se um dos pais não puder comparecer, é necessária uma autorização com firma reconhecida do pai ausente.
  4. Comparecer ao posto da PF escolhido no dia do atendimento com todos os documentos necessários. Para bebês de até 2 anos é necessário levar uma foto 5×7, (adultos e maiores de 2 anos tiram a foto lá na hora), bem como o formulário de autorização de expedição de passaporte preenchido e assinado pelos pais – vou falar disso já já.
  5. Enquanto o passaporte não fica pronto, é possível consultar o andamento do processo de emissão.
  6. E pronto, é só comparecer ao mesmo posto na data combinada e retirar o passaporte. Para a retirada não é necessária a presença do bebê e não é preciso que os dois responsáveis estejam presentes.

Formulário de autorização de expedição de passaporte

Hoje é possível, no momento do pedido de emissão do passaporte de um menor, escolher quais “poderes” serão dados a ele. É para isso que serve a autorização que é preciso levar assinada no dia do agendamento, e que vem impressa no passaporte da criança. Pra resumir e facilitar o entendimento, as opções são:

  1. O passaporte possui uma autorização que permite que o menor viaje com apenas um dos pais, (foi este que escolhemos),
  2. O passaporte possui uma autorização que permite que o menor viaje desacompanhado,
  3. O passaporte é comum e não possui autorização de viagem. Ou seja, é necessário que os pais façam uma autorização sempre que o menor for viajar (mesmo que viaje com um dos pais).

No caso do passaporte com a autorização, a mesma já vem impressa.

policia federal passaporte bebe
Miguel superinteressado em seu passaporte haha

No dia do agendamento

Os documentos necessários para o dia do atendimento são:

  • Uma foto 5×7 impressa do bebê
  • O próprio bebê
  • Certidão de nascimento do bebê
  • RG e CPF originais dos pais
  • Protocolo de solicitação de documento de viagem impresso
  • Comprovante de pagamento da taxa impresso
  • Formulário de autorização de viagem preenchido

A tal da Foto 5×7 Impressa

Normalmente a foto do passaporte é tirada na hora do atendimento, mas para menores de 2 anos eles pedem a foto impressa. Isso porque é difícil garantir que a foto vá ficar boa. A criança pode estar dormindo, chorando ou irritada. Eu senti na pele a dificuldade de tirar esta foto com o Miguel. Primeiro porque não encontrei lugar perto de casa que fizesse de bebê tão pequeno – eles fazem com bebê que já senta sozinho -, então resolvi tirar em casa mesmo. Segundo porque com 2 meses e meio o bebê não pára quieto. Terceiro porque é necessário que a foto atenda a uma série de requisitos, mesmo que com flexibilidade por ser bebê. No fim das contas nós conseguimos, mas o processo rendeu boas risadas e rendeu um post aqui, pra tentar ajudar quem também precisa tirar em casa essa foto (que serve tanto para o passaporte quanto para o visto americano).

Passaporte pronto e a foto que tiramos em casa
Passaporte pronto e a foto que tiramos em casa

A retirada do passaporte

No dia do atendimento a gente recebe um protocolo com a data de entrega do passaporte. Apesar de o site da Polícia Federal dizer que é necessária a presença da criança para a retirada do passaporte, vale sempre perguntar. No posto aqui de Niterói não foi preciso levar o Miguel no dia da retirada e também não foi preciso que eu e o Diogo fôssemos juntos buscar, apenas um dos pais já é suficiente.

Olha ele aí preparado! <3

bebê passaporte
Feliz da vida que vai poder viajar <3

Espero que o post ajude você a tirar o passaporte do seu bebê e a viajar muito com ele!


Comentários

Tags:

2 comentários

  1. Olá. Você viajou com ele com dois meses. Para poder viajar com ele, precisou do que na parte médica??? Tipo vacina, autorização do pediatra…enfim…

    1. Mariana Yusim

      Oi Vanessa,
      Acabou que eu viajei com ele só com 9 meses, apesar de ter tirado o passaporte bem antes. Ele estava em dia com todas as vacinas daqui do Brasil e a pediatra não recomendou nenhuma a mais por conta da viagem. De qualquer maneira, acho legal você conversar com o pediatra do bebê antes da viagem, porque isso varia muito de bebê pra bebê, do destino da viagem e da idade deles. Um Beijo e boa viagem pra vocês! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *