Em forma (saúde e bem-estar)Vida de viajante

Como se prevenir e sobreviver à Diarreia do Viajante

banheiro diarreia do viajante viajadora

Anos atrás, fiz um mochilão pela América do Sul com um ex-namorado e, ao contrário de algo romântico, foi a viagem mais nojenta da minha vida. Isso porque um dos dois, ou os dois, simultaneamente, estavam sempre passando muito mal do intestino. Era papo de ir ao banheiro e já não ter a certeza de se estar fazendo o número 1 ou o 2, sabe? Pois é, o ex ficou tão mal que, em plena Vila de Machu Pichu, precisei arrastá-lo até um posto de saúde para conseguir algum remédio. E eu, por minha vez, tive um episódio num alojamento bem no meio do Salar de Uyuni, às 3 da manhã, num banheiro coletivo sem luz elétrica nem descarga, com a privada solta e 2°C de temperatura, que me dá arrepios só de lembrar.

Nojentão, né? Mas o fato é que, se você é mais aventureiro e gosta de viajar de forma muquirana alternativa, fatalmente vai se deparar com um dos problemas mais comuns na estrada: a Diarreia do Viajante. Tão comum que tem até nome próprio, Diarreia do Viajante – assim, com letra maiúscula mesmo- e que se você não estiver preparado, pode se tornar o pesadelo da sua viagem. Pensando nisso, e inspiradas por causos recentes de amigos, resolvemos fazer este post para ser o seu Manual de Sobrevivência à Diarreia do Viajante. Não falam que a gente deve escrever sobre coisas que conhece bem? Então! São anos de experiência que agora dividimos com vocês. Vamos lá:

Primeiramente você precisa conhecer o inimigo. Então…

O que é a Diarreia do Viajante

Como o nome já diz, a Diarreia do Viajante é o problema de saúde mais comum durante viagens, afetando mais de 50% dos viajantes em algum momento. Na verdade, o termo não define só uma, mas um conjunto de doenças que ocorrem pela ingestão de água e alimentos contaminados por agentes infecciosos (bactérias, vírus e protozoários). Nos casos normais, os sintomas duram até três dias e passam sozinhos, demandando apenas muita hidratação. Mas, se você for azarado, o problema pode evoluir para complicações como vômitos e desidratação.

Como você pega essa desgraça

Durante as viagens, a gente se expõe mais e experimenta alimentos e bebidas aos quais não estamos acostumados, em ambientes completamente diferentes da nossa realidade. É justamente nesse momento que ficamos mais vulneráveis a pegar a Diarreia do Viajante. Principalmente se você, como eu, não resistir a experimentar pratos populares em barraquinhas de rua, que só deus sabe onde e como foram feitos.

Na maioria dos casos, os agentes infecciosos são transmitidos por via fecal-oral, ou seja, você come alimentos direta ou indiretamente contaminados por fezes (ééécout!). Mas a contaminação também pode ocorrer antes, durante ou após o preparo, a partir do armazenamento e manipulação incorreta dos ingredientes. Tudo vai depender da sua sorte.

Onde costuma ocorrer a doença

Você pode pegar a Diarreia do Viajante em qualquer lugar do mundo, mas a chance é maior se estiver em uma situação particularmente desconfortável, tipo uma trilha ou dividindo um único banheiro de albergue com 30 pessoas, como aconteceu comigo na Tailândia. Isso porque, como se sabe, o Sr. Murphy parece ser mesmo o melhor amigo das dores de barriga.

Alguns locais, no entanto, são mais propensos ao problema, como pode ser visto no mapa abaixo, divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS):

Mapa Diarreia do Viajante
Em vermelho, as regiões onde a incidência de Diarreia do Viajante é maior

Como prevenir

– Lave bem as mãos quando for ao banheiro e antes de comer. De preferência, use álcool gel também, pra garantir.

– Os médicos mandam evitar comer em barraquinhas de rua, mas sabemos que isso não é possível. Então procure comer nas mais movimentadas, onde tiver mais gente comendo, o que indica que as coisas terão menos tempo de ficar contaminadas e ruins.

– Evite bufês onde a comida fica exposta por muito tempo e os alimentos com maior potencial de estragar e te matar de dor de barriga, como coisas com ovos, maionese, frutos do mar crus, verduras e legumes crus (qualquer coisa crua, na verdade). Quanto mais cozida a comida estiver, maior a chance de ela ser segura.

– Beba sempre água mineral. Se isso não for possível e você tiver de beber de rios ou fontes, use uma daquelas garrafinhas de filtrar e compostos de cloro ou iodo para purificar a água. Se puder, use água limpa para escovar os dentes também.

– Evite tomar líquidos e gelo feitos com água que você não sabe a procedência. Eu não ligo pra isso, adoro gelo e sucos estranhos e tenho quase certeza de que essa é uma das razões pelas quais eu sempre passo mal quando viajo.

– Um laboratório desses grandões lançou recentemente uma vacina que protege contra cólera e a diarreia causada pela bactéria ETEC, que causa até 50% dos problemas intestinais de quem viaja. Deve ser cara, mas acho que pode valer a pena para ajudar e estou doida para tomar.

O que fazer se a Diarreia do Viajante te pegar mesmo assim

  • Sempre viaje com uma farmacinha com os remédios que costuma tomar quando passa mal. Reserve um espaço especial para os de dor de barriga. Eu sempre carrego a dupla imbatível Imosec + Floratil, que são tiro e queda para qualquer diarreia e te deixam com prisão de ventre por semanas depois. Mas você precisa de receita para comprar, então veja com seu médico o que é mais indicado para você.
  • Tome soro caseiro e muita água para hidratar, fique de repouso um pouco.
  • Coma alimentos que ajudem a prender, como banana, goiaba e chá-preto.
  • Se você estiver com diarreia mas quiser ir para a rua mesmo assim, faça com o banheiro o que um agente secreto faz com a saída: tenha sempre em mente onde fica o mais próximo. Isso é fundamental para evitar o pânico, se é que você me entende.
  • E para encerrar, meu pai descobriu essa dica que diz ser tiro e queda e me falou pra botar aqui: quando você sentir aqueles primeiros calafrios da catástrofe chegando – aqueles que te fazem suar frio de desespero, sabe? – corra para o primeiro boteco e tome uma dose de uma bebida de ervas chamada Genebra. Diz ele – e os amigos dele – que é certeiro pra prender tudo e a dor parar na hora. Usa e conta pra gente!

E você, tem mais algum causo bizarro ou dicas para lidar ou prevenir a Diarreia do Viajante? Conta pra gente! Queremos fazer um post especial bem nojento sobre os 10 piores causos de diarreias de viagem e sua opinião é muito importante para nós! hahaha


Confira outros posts sobre saúde em viagens:

Como evitar a rinite alérgica em viagens

Remédios para viagem: como levar uma farmacinha sem erros

Cuidados de saúde indispensáveis para mulheres viajantes

Atendimento médico em Hong Kong: testando o seguro saúde Affinity


 

Comentários

Tags:

29 comentários

  1. Avatar

    Ai que medo
    Nunca sofri com esses problemas, mas morro de medo. Tenho MUITO medo.
    Tenho um medo tão grande que é capaz de eu desmaiar de fome/sede por ter ficado sem comer com medo de ter dor de barriga.
    Hahahahaha
    Mas curti as dicas e vou guardá-las para quando for para uns lugares mais “alternativos” assim.

    Beijo

    1. Avatar

      Eita, Mariana, sou tão esfomeada que, entre escolher ter diarreia ou ficar sem comer, sempre acabo ficando com a primeira opção! hahaha Beijo!

  2. Avatar

    MUITO BOM, útil e divertido o post…
    hahaha

    Viajante que nunca sofreu, sofrerá um dia! NA CERTA!

    Abraço

    1. Avatar

      Se tem uma certeza na vida, é essa, Kamila! hahaha :*

  3. […] mais “aventureiros” ou fazia alguma trilha em que tinha de beber água de rio, sofria com a diarreia do viajante. (E não, não tenho vergonha de falar disso! […]

  4. Avatar

    Excelente comentário. Imosec + floratil é tiro e queda quando a ‘desgraça’ te pegou! Sugiro, na falta deles, maizena, limão e água (esprema num copo com 1/3 de água, um limão galego + duas colhes de maisena – mexa tudo e tome – não se esqueça de tomar muita água para se hidratar). Alimentos cozidos, bem cozidos, são os melhores. Dentre as frutas, prefira maçã, banana e pera. Legumes e vegetais, os que podem ser cozidos são os melhores para evitar o ‘problema’, como cenoura, couve, lentilhas, ervilhas e batatas. Arroz bem cozido é de fácil digestão, assim como aveia, peixe cozido e frango cozido sem pele. Finalmente, iogurte é de fácil digestão e, associado a Yakult, regula a flora intestinal. Abraço

    1. Avatar

      Oi, Fabio!
      Boas dicas! Essa sua receita de maizena+limão+água vai dar uma concretada no intestino, hein! hahaha Depois não vai sair nada lá de dentro por um bom tempo! hahaha Adorei! Vou fazer um post só com dicas de saúde dos leitores e com certeza essa dica vai entrar nele! Obrigada!
      Bjs

  5. Avatar

    Gente, não tomem o imosec. Ele realmente para a diarreia. Mas o vírus, bactéria etc ️Q está em seu organismo não vai sair … E vc corre o risco de ficar mais doente ainda … Então, nunca tomem imosec. E um perigo ..

  6. Avatar

    Nossa quando for assim leva imosec garanto q funciona, minha madrasta tiba diarreia constante principalmente na rua, quando ia resolver algo q fica tensa, na hora vinha a vontade e ela n conseguia, segurar, enfim, a moça indicou esse remédio e deu super certo ela melhorou bastante com ele antes de sair ela sempre toma e Olha nunca mais aconteceu.

  7. Avatar

    tambem sofri de diarreia quando fui pra fortaleza,depois que o medico me indicou enterogermina para regular o intestino tomo uns 15 dias antes da viagem e nunca mais passei mal.

  8. Avatar

    Eu e minha familia acabamos de chegar da Bolívia onde participamos de tempos em tempos de viagens missionárias. Dessa vez todos, eu disse todos que estavam conosco estão com diarréia. Mas também pudera a água, a carne os ovos tudo é contaminado. Como é que os moradores sobrevivem?

    1. Avatar

      Caraca, Cinglidy, nem me fala, maior diarreia da minha vida eu tive na Bolívia mesmo, tenho calafrios só de pensar! hahaha
      Os moradores sobrevivem porque criam anticorpos, são criados comendo aquela comida e bebendo aquela água, o estômago é de ferro! 😉

      1. Avatar

        Eu e minha namorada fomos para Belém do Pará, passamos 1 semana em tour de eventos eletrônicos pois ela é DJ e nos 2 ultimos dias começamos a ter diarréia e muita dor no estômago.
        Voltamos hoje para Santa Catarina e ainda estamos sofrendo.
        A princípio, estamos indo agora para uma hospital.
        Acredito que fomos pegas pela água da torneira na qual usamos para escovar os dentes ou por causa de uma porção de macaxeiras fritas.

  9. Avatar

    Olha eu aqui 1:00 da manhã em Lima procurando como dar um basta nessa bosteiragem.. já passei pela, bolivia, chile, agora estou na 5° cidade do peru..e para melhorar no meu hostel o banheiro é aberto na parte de cima… então a galera do quarto ouve e sente o cheiro do que produzimos lá dentro… sensação horrível… e amanhã pego um ônibus para cusco de 22 horas, estou aguardando a emoção…Jesus tem misericórdia de mim! 🙁

    1. Avatar

      Eita sofrimento! Come banana pra ajudar a segurar, e depois relaxa que um dia você vai lembrar disso e rir… é dessas coisas que as histórias de viagem são feitas! 🙂
      Mas se estiver muito brabo mesmo, vai num posto de saúde, nós procuramos um posto de saúde em Vila de Machu Pichu e eles deram um comprimido que parou a diarreia já no dia seguinte mesmo. Boa sorte!

      1. Avatar

        Obrigada por todas as dicas! Diarréia do Viajante é horrível

  10. Avatar

    Há dois anos fui para o Peru e perdi 7kg em 15 dias. E agr estou no meu último dia em Koh Phi Phi na Tailândia e acabo de acordar me cagando… Tive que limpar o chão do quarto durante a madrugada. Só de pensar nas 24 hrs de viagem de volta dá desespero.
    Meu segredo é sempre tentar pegar uns hotéis melhores, pq nessas horas faz muitaaa diferença kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Essas horas me pergunto pq não passei um mês em casa kkkkkkkk
    Quando chegar no Brasil verei qnts quilos perdi. 😛

    1. Mariana Yusim

      hahaha viajar tem dessas coisas, né? Boa sorte na sua volta, Erick! Bjs! :*

    2. Avatar

      Hahahaha, ri alto.
      Estou no restaurante do hotel em Punta Cana procurando como tratar essa maldita diarreia e achei vocês ( graças a Deus)

      1. Mariana Yusim

        hahaha viajar tem dessas coisas, né, Clara? Boa sorte pra você aí em Punta Cana! Bjs! :***

  11. Avatar

    Eu estou agora em Cusco, é meu segundo dia aqui, depois de viajar também pelo Chile. Agora me deu uma grande diarreia. E bate o desespero em saber que amanhã irei pra Machu Pichu, espero estar melhor até lá. Pois sei que durante duas horas de caminhada não terei o que fazer, pois só tem banheiros fora do parque….kkkk…socorro

    1. Mariana Yusim

      A situação é tensa mesmo, Vania! Espero que você tenha se saído bem e conseguido aproveitar a viagem! hahaha Beijos! :*

  12. Avatar

    Oi gente! Adorei os comentários e esta me ajudando. Acabei de ler da maisena e já corri pedir rs
    Vocês me ajudaram muito.

  13. Avatar

    Estou em Lima com essa maldita diarréia e esse post + comentários me fez rir tanto que o desespero até passou um pouco. Amanhã vou para Cusco é o Airbnb que estou não me deixou fazer late check-out, terei que passar 5 horaa na rua e estou torcendo muito pra ter melhorado e pra encontrar banheiros públicos no caminho.
    Espero rir muito disso no futuro, porque hoje tô que é só caganeira e tristeza hahaha

    1. Mariana Yusim

      hahahaha Tenho certeza que de um jeito ou de outro você vai rir muito disso no futuro, Cibele! Beijo e boa sorte! :***

      1. Avatar

        boa noite, estou exatamente ha dez horas ,desculpe os termos, foram dez mijadas por baixo e duas grandes vomitadas, com frutos do mar, estou em Porto Seguro, rapazz nunca tive isso, lembro agora que a minha falecida sogra, gostava dela, uma vez “receitou” polvilho, de fazer pao de queijo, com limao, serio, faça tipo uma pasta, comigo funcionou, hoje, como nao tenho polvilho, mandei um sonrisal, e um remedio pra flora intestinal.

        1. Mariana Yusim

          Oi, Ney, deve ter sido um sufoco, mas acaba que quando passa a gente lembra e até consegue achar graça, né? 😉 Beijos e boas viagens pra você (sem problemas como este haha)

  14. Avatar

    Hahahaha… estou em Cape Town tentando me livrar de uma diarreia pesquisando aqui na internet algum remédio milagroso e encontrei seu blog… muito engraçado. Boa sorte a todos, e boa sorte para mim tb. Apesar das diarreias, viajar é bom demais. Vamos comer bananas, tomar uma enterogemina e continuar conhecendo o mundo. Bjos pessoal.

  15. Avatar

    No hospital, acabei de chegar do Chile e fui ler alguma coisa… adorei o post e me acabando de ri dos comentários!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *