EconomizandoVida de viajante

Como a Economia Colaborativa vai te dar dinheiro para viajar

A Copa do Mundo veio para o Brasil e trouxe consigo uma enorme leva de turistas que precisavam de pouso nas cidades-sede. Os hoteis e albergues não dariam conta de abrigar tanta gente, então a solução para muitos viajantes foi alugar imóveis de moradores. Essa demanda acabou criando um novo hábito entre os brasileiros, algo já muito comum na Europa e nos EUA: alugar o quarto vago em casa, ou mesmo o imóvel inteiro enquanto se viaja. Um jeito prático, seguro e relativamente fácil de ganhar dinheiro extra para viajar, que eu venho praticando desde que comecei a morar sozinha, nos idos de 2009.

O sucesso do AirBnB, principal site de aluguel de imóveis no mundo, no período antes do campeonato mundial, foi um reflexo do crescimento por aqui do Economia Colaborativa, princípio que se baseia no compartilhamento de bens de consumo entre as pessoas.  Em vez de simplesmente comprar algo ou pagar por um serviço, você pode usar a capacidade ociosa dos produtos e serviços de outra pessoa. Com isso, ambas as partes saem no lucro, já que quem cede o bem recebe para isso, e quem utiliza paga menos do que pagaria se fosse comprar ou contratar o serviço da forma tradicional. Nesse caso, o AirBnB é um ótimo exemplo: quem aluga tem o conforto de uma casa pagando menos do que pagaria por um hotel, e quem oferece seu imóvel sai lucrando em vez de simplesmente deixá-lo vazio, como é o caso de um quarto extra ou da casa toda quando a gente viaja.

Na economia colaborativa todo mundo se dá bem, inclusive o meio ambiente, já que quando se aproveitam mais os produtos, menos recursos são desperdiçados e menos lixo é produzido. Você não precisa mais ter tantas coisas, pode pegar emprestado ou alugar quando precisar, e esse é o melhor caminho para gastar menos, ter menos despesas e uma vida mais livre. E ainda tem a chance de fazer novos amigos, como acontece quando você aluga um quarto vago na casa de alguém e, de quebra, arruma companhia pra conhecer a cidade.

Nós do Viajadora somos fãs dessa nova forma de consumo e estamos sempre de olho em novos sites e ideias nessa área. Acreditamos que a economia colaborativa está revolucionando a nossa forma de viajar e essa tendência só vai crescer. Pensando nisso, listamos alguns dos principais sites que podem te ajudar a juntar dinheiro para viajar. Vale a pena conferir:

AirBnB

Airbnb economia colaborativa logoO principal site do mundo para aluguel de imóveis sem intermediários, que permite que você alugue aquele quarto vago na sua casa, ou mesmo a casa inteira. Ele garante a segurança tanto de quem está alugando, quanto do inquilino (está tudo explicadinho no site deles), e para isso só cobra uma taxa de 3% do valor do aluguel. Eu alugo meu apartamento de vez em quando e essa foi a melhor forma que encontrei de juntar dinheiro para viajar. Além disso, também uso o site para encontrar lugares para ficar quando vou viajar e quero mais conforto. Adoro e nunca tive problema nenhum!

*Além do AirBnB, também tem o Wimdu e o HomeAway , que funcionam no mesmo esquema, mas que nunca usei.

Tripda

tripda economia colaborativa logoVai viajar de carro e quer alguém para rachar a gasolina? No Tripda você pode oferecer caronas e cobrar por elas para pessoas que estejam querendo ir para o mesmo lugar na mesma data. É um bom jeito de reduzir os custos com o combustível nas viagens de carro, e para o caronista também sai mais barato do que viajar de ônibus ou avião.

 

 

Zaznu

zaznu economia colaborativa logo Esse aplicativo é parecido com o Tripda, mas a ideia é cobrar pela carona na cidade. Se você vai para o trabalho todo dia de carro, por exemplo, pode ganhar um dinheiro extra cobrando para levar alguém que vá para a mesma área. Essa é a ideia do site, que promove treinamento para todos os motoristas que se inscrevem para oferecer caronas. Os motoristas ganham cerca de R$60 por hora dirigida, enquanto para quem contrata o serviço, a economia é de 20% em relação a andar de taxi. Esse serviço já está em funcionamento no Rio de Janeiro e outras cinco capitais brasileiras, e os criadores pretendem expandi-lo para todo o país.

*O Zaznu é inspirado em dois outros aplicativos gringos de bastante sucesso, o Uber e o Lyft. Fica a dica do serviço para quem estiver viajando e quiser pegar carona com moradores locais.

PetRoomie

petrommie economia colaborativa logoEsse é para quem gosta de animais: o site PetRoomie permite que você se inscreva para hospedar o bicho de estimação de alguém que esteja indo viajar, cobrando uma diária por isso. E tem várias formas de garantir a segurança do pet, pois quem se inscreve para hospedar os animais é verificado e tem de mandar fotos frequentes mostrando como o bicho está, entre outras medidas. Se você tem quintal ou espaço em casa, é uma ótima maneira de lucrar enquanto ainda se diverte com os cachorros e gatos  dos outros.

 

Go Walk

gowalk economia colaborativa logoOutra oportunidade para quem gosta de bichos, o Go Walk é um aplicativo que permite que você se inscreva para passear com cachorros e receber por isso. Para os donos, a vantagem de poder monitorar por GPS onde os amigos peludos estão e a segurança de confiar em passeadores cuja idoneidade é checada pelo aplicativo.

 

 

DescolaAí

descolai economia colaborativa logoO DescolaAí é um portal de economia colaborativa onde o usuário pode trocar o objeto que não quer mais por outro de seu interesse. A ideia dos criadores é, futuramente, possibilitar também o aluguel dos produtos, como já acontece no exterior.

 

Bliive

bliive economia colaborativa logoSite que permite aos usuários cadastrar os serviços que oferecem e trocá-los por serviços de outros usuários que sejam de seu interesse. É como um banco de horas, onde tanto o produto quanto a moeda de troca são a sua capacidade de trabalho. Assim, em vez de pagar por um serviço, você oferece a sua mão-de-obra em troca. Por exemplo: eu posso oferecer aulas de inglês em troca de aulas de violão; oferecer meus serviços como cabeleireira em troca de alguém pintar a parede da minha casa, e por aí vai. É uma ideia revolucionária e que tem tudo para dar muito certo.

Bom, por enquanto é isso! Esperamos que essas dicas sejam muito úteis e possam te ajudar a ter grana para aquela tão sonhada viagem. E se você já usa algum desses sites ou conhece outro para indicar, conta pra gente, vamos adorar saber mais sobre a sua experiência!

Mas e as suas dicas, gostaria de compartilhar alguma com a gente?


 

Confira mais posts sobre planejamento financeiro para viajar:

Como administrar o dinheiro para viajar

Como economizar em viagens: 50 dicas para sua viagem sair bem mais barata

Dica de economia: Passo a passo para encontrar a passagem de avião mais barata

50 dicas para economizar dinheiro para viajar


 

Comentários

Tags:

Um comentário

  1. […] Aproveite a economia coletiva: A gente é fã da economia colaborativa (como já comentamos no post Como o consumo colaborativo vai te dar mais dinheiro para viajar), e é claro que ela pode ser bem útil durante as viagens também. As opções são muitas, desde […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *