CuritibaParanáPelo Brasil

5 programas de graça em Curitiba

Já contei aqui como foi participar do Curitiblogando, um encontro de blogueiros de viagem que acontece em Curitiba, e o quanto adorei conhecer um pouquinho mais desta cidade na companhia de pessoas tão legais e com tantos gostos em comum. Eu já conhecia Curitiba e frequento a cidade desde pequena para visitar familiares que moram lá, mas foi muito diferente estar ali com o único objetivo de conhecer um pouquinho mais a capital do Paraná.

Descobri que cultura, modernidade, boa gastronomia e desenvolvimento andam lado a lado com preservação ambiental e que os curitibanos são, ao contrário do que dizem as más línguas, muito hospitaleiros e simpáticos. Além de ter a melhor qualidade de vida do Brasil, a capital do Paraná também pode se orgulhar de ter um dos mais altos índices de áreas verdes do país: 52m2 por habitante, e é realmente lindo de se ver a quantidade de bosques e parques que a cidade tem.

As opções de programa em Curitiba são muito variadas e agradam a diversos tipos de turista, o que torna mais difícil a tarefa de fazer um post sobre o que fazer na cidade. Por isso, e pensando em como conseguir montar uma lista que tenha potencial para agradar aos mais diferentes gostos, eu resolvi filtrar por programas que todas as pessoas, sem exceção, gostam: os que não temos que desembolsar um tostão. Então aqui vai a lista de 6 programas de graça em Curitiba:

1) Free Walking Tour no centro histórico

Como muitas outras grandes cidades do mundo, Curitiba também tem um walking tour gratuito por seu centro histórico. O passeio dura 2h30 e é feito por guias turismólogos que também são moradores da cidade e, por isso, conhecem como ninguém Curitiba, sua história, curiosidades e dicas. A nossa guia foi a Carol Moreno, autora do blog Mochilão Trips, que eu já acompanhava e adoro.

centro-histórico-curitiba-viajadora
Um pedacinho do Centro Histórico no Walking Tour
curitiba-hostel-viajadora
Mais cor no centro de Curitiba
palácio avenida curitiba
Palácio Avenida, muito conhecido no Natal
centro histórico curitiba
Mais da linda Curitiba
pizza rua são francisco curitiblogando
Uma parada deliciosa no walking tour: Pizzaria “Pizza”, na Rua São Francisco. A massa é fininha, ela é feita na hora, e o melhor: baratinha!

O passeio acontece quartas e sextas às 10h e sábados às 11h. É preciso confirmar presença por Whatsapp (+55 41 8875 7721) ou na Página do Curitiba Free Walking no Facebook. O ponto de encontro é na bilheteria do Teatro Guaíra – Praça Santos Andrade.

2) Picnic no Jardim Botânico

Para conhecer um dos principais cartões postais da cidade de Curitiba também não é necessário pagar nada. O Jardim Botânico de Curitiba é conhecido por sua linda e famosa estufa e seu jardim geométrico, perfeito para a prática de exercícios e para um picnic, seja na parte da manhã ou no fim da tarde, como nós fizemos no Curitiblogando.

mariana viajadora jardim botânico de curitiba
Ói eu lá!
picnic-curitiblogando-jardim-botanico-curitiba-viajadora
Delícia de Picnic! 🙂
pic nic jardim botânico de curitiba
Os quitutes preparados pelo pessoal do Curitiblogando. Tudo delicioso!

Dentro do Jardim Botânico também fica o Museu Botânico Municipal, que oferece serviços de educação ambiental, exposições e uma biblioteca para consulta local e o Jardim das Sensações, um espaço em que os visitantes têm contato direto com plantas de diferentes aromas, texturas e formas. Através de uma cerva viva e do túnel vegetal é possível sentir as plantas, ouvir sons de cascata e vento e sentir o perfume da vegetação. É uma experiência sensorial que infelizmente eu não consegui conhecer. De qualquer forma fica aqui a dica, parece ser mesmo imperdível. O parque abre todos os dias, das 6h às 20h e até às 21h no verão.

Endereço: R. Engo. Ostoja Roguski – Jardim Botânico

3) Pôr do Sol no Parque Tanguá

Outro parque bem legal e gratuito para se conhecer em Curitiba é o Parque Tanguá, que fica numa área de 235mil m2 no lugar de antigas pedreiras desativadas. A construção do parque, com seus jardins, espelho d´água e chafarizes também formam um conjunto bem legal e que sai bem em todas as fotos. A dica é ir pra lá no fim da tarde para apreciar um pôr do sol espetacular do mirante de 65m de altura.

O parque Tanguá no fim da tarde
O parque Tanguá no fim da tarde

 

parque tanguá pôr do sol
Lindo pôr do sol – mesmo entre as nuvens

Na área do parque Tanguá ainda é possível fazer uma caminhada pra ver a cascata que existe por lá, os dois lagos e um túnel artificial, que pode ser visitado de barco também. Além disso, o parque conta com ciclovia, pista de cooper e lanchonete e abre todos os dias de 08h às 18h.

cascata do parque tanguá
A cascata e o túnel do Parque Tanguá. (Foto: www.pontotours.com.br)

Endereço: Rua Oswaldo Maciel, s/nº – Pilarzinho

4) Conhecer a Ópera de Arame

Outro lugar de graça, lindo e ícone de Curitiba é a Ópera de Arame, um teatro constuído em uma estrutura tubular de metal, com teto e paredes transparentes, erguida sobre um lago. Do lado de fora o teatro também é lindo, a área fica em um local onde funcionava uma antiga pedreira, cheio de mata nativa, uma cascata de 10 metros e várias espécies de aves.

Endereço: Rua João Gava, s/nº – Pilarzinho | Ponto de referência: próximo ao Parque São Lourenço e ao Farol do Saber

teatro ópera de arame viajadora
(Foto: Kiko Correia – Wikimedia Commons)
viajadora: ópera de arame por dentro
(Foto: Herval – Wikimedia Commons)
viajadora: ópera de arame
(Foto: Adelano Lázaro – Wikimedia Commons)

5) Feira do Largo da Ordem

A feirinha mais famosa da cidade acontece todos os domingos no centro histórico de Curitiba e vai da rua São Francisco até a rua Doutor Kellers. Tá certo que feira pode não bem um programa totalmente gratuito, mas como é possível passear por lá – e se divertir – sem gastar nada, incluí este programa nesta lista. A Feira do Largo da Ordem vai de 09h às 14h e oferece aos visitantes uma variedade enorme de artesanato, pintura, livros, bolsas, acessórios, além de música e teatro de rua. Isso sem falar nas barracas de comida, com seus pastéis de feira, caldo de cana, crepes, acarajé, empanadas argentinas e muitas outras gordices maravilhosas.

artesanato feira do largo da ordem
(Foto: Marcus M. Bezerra – Wikimedia Commons)
feira do largo da ordem programas de graça em curitiba
(Foto: Joel Rocha – Wikimedia Commons)

-> Confira opções de hotéis em Curitiba clicando aqui.


5ª Edição do Curitiblogando


Comentários

Tags:

5 comentários

  1. Oi, Mariana. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em https://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    1. Mariana Yusim

      Natalie,
      Que honra é estar no Viaje na Viagem! Que máximo! Adoramos muito! :)))))) Um Beijo! :*

  2. Adorei o post e o blog.
    Curitiba realmente é uma cidade encantadora, com muita coisa legal para se fazer.
    Sou de SP, mas estive em Curitiba no ano passado e dei dicas de onde comer na cidade, lá no meu blog, o Magali Viajante, dá uma olhada:
    https://magaliviajante.com/2014/12/19/curitiba-e-demais-coma-bem-pague-o-valor-justo-e-seja-feliz/

    Beijos,
    Magali

    1. Mariana Yusim

      Oi, Magali,
      Muito legal o seu post também e as dicas que deu. Curitiba tem muita comida boa, né? Também adoro aquela cidade! 🙂 Beijos! :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *