O que fazer em Whistler no inverno: Tour de snowmobile e zipline

O que fazer em Whistler no inverno: Tour de snowmobile e zipline

Principal atração turística da região de British Columbia, Whistler é conhecida no mundo inteiro pela estação de esqui Whistler/Blackcomb, considerada a maior da América do Norte. As pistas para todos os níveis são realmente imperdíveis para os praticantes de esportes de neve, mas o que muita gente não leva em consideração, no entanto, é que Whistler tem muitas outras atrações radicais além do esqui e snowboard para quem gosta de aventura e contato com a natureza. Duas das mais divertidas são a zipline (tirolesa) e os passeios de snowmobile (aquelas motinhos de neve) em meio às montanhas nevadas, que nós experimentamos, adoramos e agora contamos aqui como foi para quem quiser fazer também.

Whistler no inverno: As outras atrações radicais

Há alguns anos trabalhei em uma estação de esqui nos EUA, onde andei de snowmobile pela primeira vez e fiquei apaixonada. Foi por isso que fiquei muito animada quando vi que dava pra fazer um tour de snowmobile em Whistler, e logo convenci a Mari de que precisávamos fazer. Quando vimos que dava para combinar e fazer a zipline no mesmo dia então, foi perfeito!

As duas atividades são oferecidas pela agência The Adventure Group (também conhecida como TAG). Como as atividades em Whistler são bem concorridas, reservamos o passeio com uma semana de antecedência por telefone, logo para o nosso primeiro dia por lá.

A TAG fica bem no centrinho de Whistler (bem pertinho da Whistler Village Gondola), com uma equipe simpática e atenciosa. De lá pegamos o microônibus deles (incluído no valor do passeio) para os lugares onde ocorrem as atividades, mais distantes da vila, e em cerca de 15 minutos chegamos na estação de onde saem os passeios, que acontecem na Cougar Mountain, uma das montanhas dos arredores e Whistler e Blackcomb (as montanhas famosas).

tag-adventure-whistler

A loja da The Adventure Group e ponto de encontro para os passeios

Passeio de snowmobile em Whistler

O microônibus de transporte da agência deixa os clientes numa área um pouco mais remota em meio à floresta, com casinhas de madeira onde eles guardam os equipamentos e recebem os clientes com chocolate quente. Trancamos nossas coisas no locker gratuito deles e fomos logo pegar os equipamentos, que eles fornecem dos pés à cabeça: botas e casacos impermeáveis, capacetes, goggles (aqueles óculos de neve) para proteger a vista e luvas.

micro-onibus-zipline-snowmobile-whistler

Microonibus que nos levou até a base

abrigo-cougar-mountain

A base dos passeios no dia em que fomos, de muita neve e tempo fechado

base cougar mountain

E num dia ensolarado, que deixa tudo muito mais bonito (Foto: divulgação TAG)

A primeira atividade seria o snowmobile – se você não conhece, eles são os equivalentes a um jet ski para usar na neve. Como seria o nosso primeiro passeio, escolhemos a opção Cruiser, de duas horas totais de duração e cerca de 1h30min nos snowmobiles, com instruções para iniciantes.

Tinha um snowmobile para cada pessoa, mas quem quisesse podia ir de carona com outra pessoa. Como eu tenho preguiça de pilotar qualquer coisa queria filmar e fotografar, resolvi ir na carona da Mari, enquanto o Diogo pegou um snowmobile só pra ele – é bom saber, inclusive, que quem quiser ir como passageiro, como no meu caso, paga menos.

snowmobile-mariana-thais-whistler

Muito animadas nos preparativos

Com todos a postos e devidamente paramentados (e um frio danado!), os instrutores explicaram os comandos (muito simples) para pilotar os snowmobiles, dividiram o grupo em dois (seis e oito pessoas em cada), e então o passeio começou, com cada grupo indo para um lado, acompanhado por dois guias, também em snowmobiles. O trajeto é circular, então os dois grupos passam pelo mesmo caminho, em momentos diferentes.

Ficamos cerca de duas horas passando pela floresta coberta de neve, e o silêncio em meio à paisagem toda branquinha é impressionante. Passamos por florestas de pinheiros, morros, vales, e eu fiquei encantada com a beleza, o silêncio e a paz daquelas paisagens tão diferentes de tudo que a gente vê no Brasil. Mas se engana quem pensa que é tudo paz no passeio: dá pra acelerar e ir voado com os snowmobiles pelo caminho, é muito divertido e pode ter muita adrenalina pra quem gosta de velocidade!

snowmobile-whistler-viajadora

Uhuuu! Nós e o nosso grupo no meio da floresta nevada

snowmobile-floresta-whistler

É demais passear pela floresta imensa e toda branquinha

Winter Snowmobiles

Com sol o passeio deve ser ainda mais incrível! (Foto: divulgação TAG)

Snowmobile

é ou não é demais? (Foto: divulgação TAG)

Zipline em Whistler: Ver tudo do alto é muito lindo!

Logo em seguida ao tour de snowmobile, voltamos para a base da agência para pegar os equipamentos da zipline e receber um breve treinamento de como usá-los. De lá seguimos por cerca de 15 minutos em veículos 4×4 para o alto da Rainbow Mountain, de onde sai a primeira zipline. Essa primeira zipline, aliás, é considerada uma das mais longas do Canadá, com mais de 1km de extensão e a mais de 180m de altura.

Quando chegamos no ponto de início  da primeira zipline, os guias verificaram os equipamentos de cada um e então fizemos duas filas para descer, já que eram sempre duas ziplines, uma do lado da outra (o que é bom porque dá pra descer ao mesmo tempo com um amigo).

Confesso que não gosto muito de altura e estava com medo, mas esse medo passou logo na primeira descida, que chega à velocidade de 100km/h. A paisagem é tão linda, com a floresta centenária e as montanhas bem branquinhas, e a sensação de liberdade ao voar sobre ela é tão grande, que a gente esquece qualquer medo e só curte o momento mesmo. Foi o que eu senti em todas as quatro descidas, além de ter adorado estar lá no meio da natureza e com um monte de gente legal.

viajadora-zipline-super-fly-whistler

Preparados para a primeira descida…

tirolesa-whistler-viajadora

… ó nós pequenininhas lá embaixo

superfly-ziplines-whistler-viajadora-mariana-thais

A sensação é incrííível!

super-fly-ziplines-whistler

E o frio estava grande! O ideal era esconder todo e qualquer pedacinho do corpo do vento congelante

superfly ziplines

De novo, em um dia de sol o passeio deve ser ainda mais inesquecível! (Foto: divulgação TAG)

super fly ziplines whistler sol

<3

No fim do dia nós estávamos tão cansados e felizes com toda essa aventura, que relaxar com o chocolatinho quente na base da agência foi o final perfeito. Pegamos o microônibus de volta para o centro de Whistler e chegamos lá por voltas das 15h, com muito frio, cheios de fome e muito felizes e satisfeitos com a experiência.

thais-chocolate-quente-whistler

Olha eu toda descabelada filando um chocolate quentinho! haha

O que você precisa saber se for fazer o tour de snowmobile e/ou a zipline em Whistler

  • Vista-se como se fosse esquiar, com calça e casacos impermeáveis, gorro, luvas, botas e meias bem quentinhas. Se você esquecer ou não tiver casaco, calça e botas impermeáveis e goggles eles emprestam sem custo.
  • Os passeios acontecem mesmo se chover ou nevar, então a parte sobre roupas impermeáveis é fundamental, para não ficar encharcado (e congelado).
  • Para as ziplines, vá de óculos escuros e leve um cachecol, neckwarmer ou lenço para proteger o rosto durante as descidas. Faz muito frio e vários pedacinhos de gelo batem no rosto… eu esqueci de levar e fiquei com a cara toda queimada e semicongelada, isso foi bem ruim. haha
  • Dá para usar câmera à prova d’água e gopro durante os passeios, mas é importante que tenham aquela alcinha pra prender no pulso, principalmente nas ziplines.
  • Crianças a partir de 7 anos podem fazer os passeios, desde que tenham o peso mínimo de 27kg.
  • Por falar em peso, o peso máximo para participar das ziplines é 113kg.
  • Reserve um dia inteiro para as duas atividades e deixe o resto do tempo livre para relaxar depois, porque no final você fica bem cansado mesmo

Quanto custa fazer o tour de snowmobile e zipline em Whistler

Todas as opções de passeios e seus preços estão listados no site do The Adventure Group, com detalhes, fotos e informações extras. O tour Cruiser de snowmobile sai por CAD$159 (cerca de R$385), enquanto o pacote para as ziplines, no inverno, sai por CAD$119 (R$290). A agência também oferece a possibilidade de comprar um combo com três atividades por CAD $249 (R$605), e aí você pode combinar o snowmobile e as ziplines com mais uma das várias outras atividades que eles oferecem, como trilhas de snowshoe (explicamos o que é isto neste post) e bungee jumping. Vale muito a pena olhar o site com calma, porque dá vontade de fazer todos os passeios!

Onde ficar Whistler: Hostelling International Whistler

Você pode fazer os passeios e voltar no mesmo dia para Vancouver se quiser, mas é bem melhor dormir e aproveitar o  aconhego da vila de Whistler à noite para tomar um vinhozinho e relaxar. Nós ficamos no HI-Whistler, da rede Hostelling International, uma opção de hospedagem confortável e bem mais barata que os hotéis chiques da vila, com toda a infraestrutura que um bom hostel oferece. Se quiser saber mais sobre o HI-Whistler, fizemos um post detalhado sobre ele, contando como foi nossa hospedagem lá e com muitas fotos.

Mas se o seu negócio não for ficar em hostel, tem muitas opções de hotéis legais em Whistler Village e em Whistler Blackcomb tamém, clique aqui e aqui para ver todas.


Obs.: Fizemos os passeios com o apoio do Tourism Vancouver. As opiniões relatadas aqui são nossas, completamente verdadeiras, independentes e refletem a nossa experiência por lá.


Confira outros posts sobre viagens no Canadá:

Grouse Mountain: Ski, snowboard e uma vista incrível de Vancouver

Sea to Sky Gondola: Passeio imperdível entre Vancouver e Whistler

Capilano Park, Vancouver: Ponte suspensa e arvorismo em uma floresta centenária

Grouse Grind: a trilha mais famosa dos arredores de Vancouver

Buntzen Lake: lago para nadar nos arredores de Vancouver (fácil de chegar de ônibus!)

13 coisas que você precisa saber para fazer uma road trip nas Rocky Mountains

Onde ficar em Lake Louise: The Great Divide Lodge

Onde ficar em Banff (se quiser economizar): Spruce Grove Inn


 

Leia também:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>