Planejando uma viagem pela Tailândia: dicas de roteiro, o que levar, aonde ir…

Planejando uma viagem pela Tailândia: dicas de roteiro, o que levar, aonde ir…

Desde que consegui comprar uma passagem barata para a Tailândia, há seis meses, não vejo a hora de finalmente embarcar. O lado bom de comprar com tanta antecedência é o preço, que pode ficar realmente em conta, mas o lado ruim é ter de conviver com a vontade louca de fazer o tempo passar mais rápido para ir logo. No fim das contas, demorou à beça para passar, mas a hora chegou e eu não podia estar mais animada. Pesquisei muito durante este tempo e vou deixar registrado aqui um pouco do que fiz para planejar a minha tão aguardada viagem pela Tailândia.

Viagem pela Tailândia:  o roteiro

Comprei as passagens de ida e volta sem pensar muito no roteiro e, no fim das contas, se pudesse voltar no tempo, mesmo sem ter ido, já posso dizer que me programaria para ficar mais dias no país.

Com um tempo apertado de 15 dias inteiros na Tailândia, pesquisei muito em blogs, conversei com muita gente e tive que abrir mão de muita coisa que queria conhecer para tentar bolar o meu roteiro. Agora, às vésperas da viagem, ele ainda não está fechado, mas vai ser mais ou menos assim:

mapa da tailandia

12/04 e 13/04 – Viagem

14/04 – Bangkok

15/04 – Bangkok

16/04 – Ayutthaya e trem noturno Chiang Mai

17/04 – Chiang Mai

18/04 – Chiang Mai

19/04 – Chiang Mai

20/04 – Praias

21/04 – Praias

22/04 – Praias

23/04 – Praias

24/04 – Praias

25/04 – Praias

26/04 – Praias

27/04 – Praias

28/04 – Praias – Bangkok

29/04 – Bangkok – Londres

30/04 – Londres

01/04 – Londres – Rio

Quem me conhece sabe o quão difícil é para mim pegar um avião sem saber onde vou ficar, pra onde vou, e que passeios vou fazer, mas chegou a hora de experimentar como é viajar assim. A Thaís sempre viajou desse jeito e eu sempre admirei esse “desprendimento” todo, mas nunca tive a coragem de fazer igual. É que eu gosto muito desta parte do planejamento, de pesquisar, de saber o que tem pra fazer em cada lugar e onde é melhor se hospedar. Junto a isso, minha pão durice sempre me faz pesquisar as opções com melhor custo benefício, então acabo saindo de casa sabendo mais ou menos como será a viagem do início ao fim, mas, é claro, deixando espaços para imprevistos e mudança de planos, que no fim geram as memórias mais legais das viagens.

Bom, dito isso, explico o porquê de eu ter resolvido deixar a parte das praias em aberto: estou indo no fim de abril, o finzinho do período bom, antes do período das chuvas, que começa em maio. Pra evitar pegar tempo ruim, antes de sair de Chiang Mai vou checar a previsão do tempo e, baseada nela, decido se vou para o mar de Andaman, onde ficam Phi Phi, Maya Bay e Railay, ou se parto para o Golfo da Tailândia, onde ficam Koh Tao, Koh Samui e Koh Phangan. Se tudo der certo e São Pedro colaborar, pretendo ficar uns dias em Railay, depois ir para Phi Phi e, se der tempo, conhecer Koh Lipe, uma ilha beeem ao sul, quase na Malásia que, apesar de pouco conhecida, dizem que é linda.

Vacina de febre amarela

Para visitar o Sudeste da Ásia é preciso tomar a vacina da febre amarela até 10 dias antes da data de embarque e tirar o certificado internacional de vacinação. No site da Anvisa, neste link aqui, é possível saber mais sobre o documento e checar onde ficam os centros de orientação do viajante que emitem o certificado.

Eu tomei a vacina quando fui viajar para o Peru, em um posto de saúde na minha cidade e depois, em um outro dia, fui até o aeroporto internacional, em um dos centros, para tirar o certificado. Para economizar tempo e ter menos trabalho, é legal fazer as duas coisas em um mesmo lugar. Alguns centros ficam no mesmo local de postos de saúde e é possível tomar a vacina e tirar o certificado logo na sequência. A dica é acessar esta lista aqui, ligar para o centro mais próximo e entender se a vacina também é dada no mesmo local. O Diogo fez isso na Gávea, no Rio de Janeiro, foi super rápido e deu tudo certo.

Transporte pela Tailândia

A maneira mais rápida (e por isso a mais cara) pra quem tem pouco tempo, é ir de um lado para outro de avião. Eu vou fazer os trechos Chiang Mai – Praias e Praias – Bangkok de avião e, pelo que pesquisei, os preços da Air Asia são realmente bons. Também existem outras companhias aéreas boas lá como a Thai Airways e a Bangkok Airways, mas em geral a Air Asia tem os melhores preços. De qualquer forma, vale a pena dar uma pesquisada para encontrar o valor mais baixo para o trecho e a data escolhidos. Em geral, quanto maior a antecedência que se compra, mais baratos estão os voos, mas uma coisa boa é que a Air Asia costuma ter umas promoções de última hora bem baratas também.

A opção mais em conta é viajar de ônibus, mas também é a maneira que demora mais. Viajar de trem seria a opção intermediária, tanto em termos de valor, quanto de tempo da viagem. Nós vamos de Bangkok para Ayutthaya de trem e de lá para Chiang Mai no trem noturno (o que é bom porque economizamos em hospedagem). Compramos as nossas passagens com antecedência pelo site www.thailandtrainticket.com, que vai entregar as passagens no nosso hotel em Bangkok (espero que dê certo, depois volto pra contar). O site http://www.seat61.com/ nos ajudou muito na pesquisa e tem muuuuita informação sobre viagens de trem não só pela Tailândia, mas em muitos outros países.

Onde se hospedar na viagem pela Tailândia?

Fizemos as reservas dos hotéis através do Booking.com e a grande vantagem na minha opinião é o cancelamento grátis. Por um valor um pouco maior do que o de se pagar na hora pela hospedagem, você pode cancelar a reserva até um dia antes da data, dependendo do hotel. Outra vantagem é só pagar lá, com a moeda local, e fugir do IOF do cartão de crédito e da variação que o dólar pode sofrer. Isso pode representar uma boa economia e, quando se planeja a viagem com bastante antecedência, pode ser ainda mais vantajoso. Como exemplo, assim que comprei a passagem, há 6 meses, busquei um hotel em Londres, porque sabia que seria o lugar mais caro. A minha reserva (com cancelamento grátis até uma semana antes da data) ficou em 59 libras. Entrei ontem para ver quanto estaria para reservar o mesmo quarto na mesma data e o valor subiu para 99 libras. Ou seja, se encontrar um preço bom, vale a pena fazer a reserva. Como o cancelamento é grátis, não temos nada a perder, não é mesmo?

Um outro site bom para reserva de hospedagem pela Ásia é o Agoda.com. Alguns hotéis que pesquisei pelo TripAdvisor só podiam ser reservados pelo Agoda – que também oferece a opção de cancelamento grátis para alguns hotéis.

Em Bangkok, na primeira parte da viagem, vamos ficar em um hotel quase na Khao San Road, a rua famosa dos mochileiros. Uma prima recomendou o Rambuttri Village Plaza e achamos o valor super bom (pouco mais de 200 reais pra o casal, duas diárias). * Voltei e fiz um review sobre ele aqui neste post. Recomendo muito o hotel e a localização!

Rambuttri Village jardim

A carinha do Rambuttri

rambuttri village piscina

E a piscina no terraço, que todos dizem ser essencial para o calor de Bangkok

Tailândia: Quais passeios fazer?

Pesquisei muito também sobre os passeios e opções do que fazer em cada cidade, mas acho importante registrar aqui que, dependendo do passeio que se queira fazer, é importante fazer a reserva com certa antecedência, para não correr o risco de chegar lá no dia e não ter vaga. A maioria dos passeios podem ser fechados na hora e a gente vai decidir o que fazer cada dia quando chegarmos nos lugares, mas dois passeios em especial fizemos questão de reservar antes, pela grande procura.

O primeiro é o dos elefantes, em Chiang Mai. Li muito sobre diversos parques de elefantes e queria conhecer um que realmente se importasse com os bichos, e que não os maltratassem ou os colocassem para pintar quadros, dançar, ou coisas do tipo. Foi aí que fiquei sabendo da existência do Elephant Nature Park. Uma amiga disse que a experiência de conhecer o parque, ver o trabalho que eles fazem com os elefantes resgatados e ainda dar comida e tomar banho de rio com eles é inesquecível. Só que o parque é muito procurado, então é recomendado reservar antes, através do site deles www.elephantnaturepark.org, ou através de alguma das agências que vendem o passeio, como a Travel Hub Chiang Mai, que cobra o mesmo preço que se pagaria diretamente no parque.

elefantes no parque

Fofos! (Foto: saveelephant.org)

O outro passeio que costuma encher é o Sleep Aboard tour , de passar a noite em um barco em Maya Bay. O passeio chega em “A Praia” à tardinha e passa a noite lá, com jantar e nado com plânctons incluídos. Deve ser incrível amanhecer com a praia vazia só para o pessoal que dorme no barco, sem os muitos turistas que enchem as areias todos os dias. Eu ainda não fiz a reserva para este passeio, porque não sei exatamente que dias estarei em Phi Phi, mas assim que tiver uma noção melhor da previsão do tempo, pretendo entrar em contato com o pessoal do Maya Bay Tours para reservar pela internet (eles são os únicos a operar o passeio por lá).

barco maya bay sleep aboard

Nosso hotel será assim por uma noite :) (Foto: mayabaytours.com)

maya bay viagem pela tailândia

Deve ser incrível estar nA Praia deserta à noite (Foto: mayabaytours.com)

Bagagem

Ficamos na dúvida entre viajar de mala ou de mochilão, mas chegamos à conclusão que ir de mochila seria a melhor opção, por ser mais prática de carregar e de se locomover tanto em avião, trem, ônibus, taxi, tuk tuk ou barco. Escolhemos comprar uma mochila de viagem mesmo, daquelas que abrem como uma mala, e optamos pelo modelo Traveller, da Deuter, que ainda vem com uma mochila de ataque, que pode ser tirada e usada no dia a dia, enquanto a mochilona fica nos hotéis/albergues. (Neste post aqui conto como foi a minha experiência com ela.)

mochila-de-viagem-deuter-Traveller

A Traveller 55 + 10 L de expansão pra mim, e a 70 + 10 L pro Diogo. A minha mochila de ataque tem 15L e a dele 17L.

 

Vou tentar levar o mínimo de coisas possível, pra conseguir trazer todas as bugingangas e artesanatos baratíssimos que se vendem por lá (adoro uma feirinha e lá tem muitas!). Estou planejando levar poucas roupas e um casaquinho mais forte, já que vou parar em Londres e vai estar frio lá. Vou levar um bem legal, desses tecnológicos que dobram e ocupam pouquíssimo espaço. O que vou levar é da minha irmã e foi comprado pela Amazon. Na mochila também não pode faltar a farmacinha de viagens, indispensável em qualquer viagem internacional.

Seguro saúde Affinity

E por último, é muito importante viajar com seguro de saúde, ainda mais assim, para um país tão diferente e distante. Nós fizemos um seguro da Affinity, mas independentemente do seguro que você escolher, o importante é não viajar sem um.  É legal ficar atento à cobertura do seguro e vale a pena contratar um que tenha cobertura para os casos de atraso ou extravio de bagagem. Já tive um problema destes em uma viagem e o dinheiro do seguro ajudou bastante.

Dinheiro

Como a cotação do dólar está totalmente enlouquecida no Brasil, resolvi levar tudo em dinheiro vivo. Isso para tentar fugir das taxas cobradas pelos cartões de viagem e pelo cartão de crédito (que além do IOF, tem a incerteza da cotação do dólar do dia de pagamento da fatura). Para levar tudo comprei uma doleira, dessas bem vagabundas mesmo, de R$ 10,00, mas que, na minha opinião, é mais confortável do que as cheias de frufru. A ideia é andar com o dinheiro nela na rua e deixar uma parte na mochila no hotel, escondida no meio das coisas, pra também não deixar tudo junto em um só lugar.

doleira

As doleiras bem simplinhas, mas que servem muito bem :)

Bom, é isso até agora! Espero que minhas dicas sejam úteis para quem também está planejando uma viagem pela Tailândia e, quando voltar, conto aqui o que deu certo no roteiro e o que poderia ter feito diferente. :)


Confira nossos outros posts sobre a Tailândia: 

Por que conhecer Railay Beach, a praia mais bonita da Tailândia

Onde ficar em Railay Beach: Sand Sea Resort

Quantos dias ficar e o que fazer em Chiang Mai

Trem noturno de Ayutthaya para Chiang Mai

Ayutthaya, Tailândia: o que você precisa saber para visitar

Onde ficar em Bangkok: Rambuttri Village Hotel

Quantos dias ficar e o que fazer em Bangkok

Songkran: a experiência de participar do Festival da Água na Tailândia

Songkran: como é celebrado o ano novo na Tailândia.

Tailândia: O que fazer em uma semana em Koh Phi Phi

10 razões para você visitar Phuket quando for à Tailândia

Full Moon Party em Koh Phangan: Reveillon inesquecível na Tailândia




Booking.com

Leia também:

Comentários

42 comments

  1. Pingback: Planejando uma viagem pela Tailândia: dicas de roteiro, o que levar, aonde ir… - Rede de Blogs Outdoor

  2. Débora

    Olá!
    Também estou planejando uma viagem para Tailândia em Agosto, de lua de Mel, por 3 semanas. O roteiro está bem parecido com o seu! Adorei suas dicas!
    Queria te perguntar uma coisa… Quanto você acha que eu devo levar em dinheiro?
    Abraços!

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Debora! Que bom que gostou do roteiro, na verdade ele vai ser fechado nos proximos dias e quando voltar de viagem farei um post sobre como ele ficou e com todas as dicas. Sobre o dinheiro, acho que vou saber te dizer melhor quando chegar, mas trouxemos 2500 dolares para nos dois e pretendemos nao usar o cartao de credito pra nada. Espero que acerte nas contas, mas na volta te digo direitinho. :) Se quiser alguma dica ou tiver alguma duvida, eh so falar, viu? Beijos! :*

  3. Ana

    Olá, Mariana,

    Estou indo para Bangkok de 10 a 30/06. Como você está voltando gostaria de informações, orientações, etc.., já que também é a minha primeira viagem internacional de longa distância. Se puder me dar dicas, informações úteis, locais para fazer reserva dos passeios, etc… a gente sempre fica com um friozinha na barriga, ainda mais indo para uma cultura totalmente diferente da nossa… agradeço se puder me ajudar… grata, Ana.

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Ana,
      Claro que posso te ajudar! Que informações exatamente você precisa? O friozinho na barriga é super normal e até gostoso, quando você chegar lá até vai esquecer que está tão longe. E tenho certeza que você vai a-m-a-r a Tailândia! É um país incrível, estou encantada. Nos próximos dias vou começar a postar aqui sobre a viagem e qualquer dúvida que tiver, é só falar! Beijos! :*

  4. Pingback: Mochila de viagem: Review da Deuter Traveller 55+10L | Viajadora

  5. Pingback: Full Moon Party: Réveillon inesquecível na Tailândia | Viajadora

  6. Cecilia

    Oi Mariana,
    Obrigada pelas dicas! Espero que tenha gostado da Tailândia, eu estou indo pra lá em fevereiro/16. Estou um pouco preocupada com o dinheiro. Pelo que estou vendo, precisa comprar dólar e trocar por Baht lá, né? vc fez assim? E os 2500 dólares que levou foi o suficiente pra vcs ou sobrou? e pra quantos dias?

    Um beijo,
    Obrigada =)

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Cecília,

      Que delíííícia que você está indo para a Tailândia. Com certeza foi o lugar mais incrível em que eu já estive, muito amor por aquilo lá. :) Sobre o dinheiro, sim, você vai precisar levar dólar (ou euro ou libra) e trocar lá por Baht. Eu levei 2500 dólares e acabei gastando mais por causa das compras que fizemos (eletrônicos por exemplo são bem mais baratos que aqui) e por causa também do dia que passamos em Londres na volta. Acabei colocando coisas no cartão de crédito (o que não recomendo que você faça por causa da variação do dólar e do iof – eu me ferrei) e passei do valor. De qualquer maneira, sem contar com compras no cartão e com o stopover em Londres, o gasto para nós dois ficou em pouco mais de 2.600 dólares, incluindo todos os gastos nos 15 dias de Tailândia.
      Beijos e aproveite muito aquele paraíso! :*

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Sandra! Que bom que gostou do post, espero que tenha te ajudado de alguma forma. :)
      Sobre o seguro de viagem, felizmente eu não precisei usar nesta viagem, mas já usei antes quando fui para a Europa para pedir o valor que eles cobrem no caso de atraso de bagagem. A minha experiência com eles foi ótima. A Thaís também sempre viaja com seguro Affinity e neste post aqui ela conta sobre a experiência usando o seguro em Hong Kong.
      Se você precisar de alguma ajuda pra contratar seguro, a gente tem uma agente que sempre vende pra gente e também para alguns de nossos leitores. Se quiser uma cotação, manda um e-mail pra gente que a gente te põe em contato com ela, tá?
      Beijos e você vai AMAR a Tailândia! :*

  7. Benedito

    Mariana boa noite…curti demais seu detalhamento para a viagem…mas tira uma dúvida…o passeio pra passar a noite em Maya Bay somente é feito por uma empresa…ou lá tem outras opções?? Preciso reservar antes mesmo?? Obrigado e parabéns pelo post.

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Benedito,
      Que bom que gostou do post. :)
      O passeio de Maya Bay só é mesmo uma empresa que faz. Se a sua viagem for na alta temporada (novembro a março), é importante fazer a reserva antes sim, pra garantir a vaga no passeio. Na baixa temporada é possível conseguir super em cima da hora, mas pra garantir mesmo, também o ideal é fechar antes. Eu, mesmo indo na baixa, acabei fazendo antes porque não queria correr o risco de perder.
      Beijos e boa viagem!

  8. Adriana Munhoz

    Olá Mariana.
    Qual foi o seu trajeto de Chiang May para as ilhas? Você teve que pegar um avião de volta para Bangkok mesmo?
    Estou com essa dúvida pois meu roteiro inicial está como o seu e estou resolvendo as questões logísticas…hauhauha :)

    Parabéns pelo Blog. Olhando as fotos e lendo os relatos da Indonésia fiquei com vontade de ir também…uma pena não poder incluir no meu roteiro.

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Adriana,
      Ai que saudades desta viagem, você vai a-m-a-r! De Chiang Mai eu peguei um avião direto para Krabi, sem passar por Bangkok. O trecho acabou sendo mais caro, mas sem dúvidas é uma economia enorme de tempo (coisa que eu precisava). De Krabi peguei um ônibus do aeroporto até o pier e um long tail para chegar em Railay, meu lugar preferido por lá. Recomendo muito! Em breve postaremos por aqui sobre o resto da viagem, mas qualquer dica que precisar até lá, é só falar!
      Ah, e que bom que você gostou do blog. Adoramos saber! :)

  9. Carolina

    Oi Mariana! Estou indo pra Tailandia em Julho, e eu queria saber se quando voce foi teve muita chuva. Ouvi dizer que não é a melhor epoca para ir, mas é a unica possivel para mim! voce ouviu falar se realmente é dificil ir na epoca das monçoes?

    obrigada!=)

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Carolina!
      Que saudades da Tailândia! Aproveite aquilo lá por mim! :) Sobre o período das monções, eu fui no limite antes dele (fim de abril/início de maio) e não peguei quase nada de chuva, mas não sei te dizer como é na época que você vai. De qualquer maneira, este tempo anda muito louco, o que pode fazer com que tudo mude, né? Só o que posso te dizer é que independentemente de chuva, você com certeza vai conseguir aproveitar muito a Tailândia. Lá é uma delícia! Beijos e boa viagem pra você!

  10. Priscila

    Oi Mariana, td bem? Parabéns pelo blog e super obrigada pelas dicas, estão demais!! Gostaria de mais uma ajudinha sua. Procurei por aqui, mas não encontrei… Vou com meu marido para a Tailândia agora em abril… Já temos o roteiro praticamente fechado, mas estamos com muita dúvida se vale a pena tirar uns dias de Bangkok (no nosso roteiro atual tem 4 dias inteiros, sendo 1 em Ayutthaya + 2 dias pela metade) e incluir Chiang Mai. Vc gostou de lá? Qual a sua opinião? Além disso, gostaria de saber se vc gostou de passar a noite no barco em Maya Bay, se achou que valeu a pena… tb estamos com muita dúvida se reservamos esse passeio pq o valor é um pouco salgado, né rs

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Priscila, tudo bem?
      Não entendi quantos dias você tem em Bangkok e quantos tiraria para ir para Chiang Mai, mas de qualquer maneira eu adorei Chiang Mai sim. Foi lá que fiz o passeio dos elefantes – que amei. Além disso, Chiang Mai é uma cidade menor do que Bangkok, com outro astral, acho que se você tiver uns 3 dias livres valeria a pena, se não, talvez seja melhor manter os dias em Bangkok mesmo. Quanto ao passeio de barco de Maya Bay, acho que vale muito a pena sim! O valor é salgado mesmo, mas a experiência de dormir no paraíso e estar nA praia quando os milhares de turistas não estão foi o que me fez fechar. A experiência como um todo é incrível (o passeio de barco, a parada em Pileh bay, o churrasco na praia, nadar com os planctons, o amanhecer por lá) e eu recomendo muito que você faça. Tenho certeza que não vai se arrepender. :) Espero ter ajudado. Beijos e muito boa viagem! A Tailândia é muito amor! <3

      1. Priscila

        Oi Mariana, td bem! Alteramos recentemente nosso roteiro e temos 3 dias inteiros em Bangkok mais o dia da chegada. Estamos tentando arrumar um jeito para ir para Chiang Mai justamente por conta do passeio com os elefantes, pois vi muitas pessoas falando bem. Vc foi mesmo no Elephant Nature Park? Também vi as pessoas falando muito bem do Patara, mas parece que a proposta é um pouco diferente. Vc teria alguma informação sobre?
        Ah, já estamos providenciando a reserva do passeio noturno de barco em Maya Bay, fiquei ainda mais animada com seu relato. Só mais uma coisa… vc fez o câmbio (dólar x bath) em Bangkok, é tranquilo? Tem alguma casa de cambio para indicar? Desculpa tantas perguntas, mas são tantas dúvidas rs. Beijos e muito obrigada pela ajuda!!

        1. Mariana Yusim
          Autor
          Mariana Yusim

          Oi, Priscila,
          Eu fiz o Elephant Nature Park sim e gostei justamente por causa da proposta deles, mais preocupada com os animais e pelo trabalho bonito que fazem de resgate. Eu adorei a experiência! Conheço pessoas que foram no Patara e que gostaram também, mas sei que o valor deles é bem mais alto e me parece que eles não têm a mesma proposta que o Elephant Nature Park, mas não sei te dar detalhes.. :/
          Que legal que você vai fechar Maya Bay, tenho certeza que vai amar! Depois vou adorar saber o que achou se você quiser voltar aqui.
          Sobre o câmbio, é suuuper tranquilo trocar dólar por lá. Em quase toda esquina tem casa de câmbio e me parece que todas são confiáveis. Nunca ouvi pessoas relatando problemas com isso. As melhores taxas são nas cidades e nas praias as taxas costumam ser piores. Ah, no aeroporto recomendo trocar só um pouco de dinheiro, já que a taxa deles também costuma ser pior.
          Espero ter ajudado! Qualquer coisa, é só falar! :*

          1. Priscila

            Oi Mariana, td bem!! Entrei no site do Elephant Nature Park e vi que existem diversas opções para um dia de passeio, mas sinceramente ainda não sei qual escolher… pode me dizer qual vc fez e recomenda? Sabe dizer tb se o parque oferece serviço de fotógrafo? Mais uma vez muito obrigada pela ajuda!!

          2. Mariana Yusim
            Autor
            Mariana Yusim

            Priscila,
            Lá eles oferecem mesmo muitos tipos de passeio. Eu acabei fazendo o “Single Day Visit”, apesar de ter ficado com muita vontade de fazer os mais caros e exclusivos, para um grupo pequeno de pessoas. De qualquer forma, eu adorei a experiência e recomendo bastante! O trabalho que eles fazem por lá é lindo! Sobre o serviço de fotógrafos, não sei te dizer, mas acho que não oferecem não.. De qualquer forma, se não achar esta informação no site, vale a pena mandar um e-mail, na época eu mandei e eles responderam super rápido. Beijos! :*

      2. shayane

        você saiu de Chiang May para as praias? me explica… Queria saber o melhor roteiro.
        Estou segiuindo um roteiro de Bangkok(3dias) , Ayutthaya(1 dia) , Chiang Mai(3 dias) equero ir nas praias para depois retornar ao Brasil. Queria que me esclarecesse algo. Já que vou estar em chiang Mai, como faço para ir até as ilhas de lá? chegando nas ilhas como faço para retornar para Bangkok? ouvi dizer que Phi phi don é pessimo, muito lotado

        1. Mariana Yusim
          Autor
          Mariana Yusim

          Shayane,
          Saí de Chiang Mai direto para as praias sim. Para otimizar o tempo escolhi ir de avião direto para Krabi, e de lá peguei uma van e um barquinho até Railay Beach, que amei de paixão. Ainda não fiz post sobre Railay aqui, mas foi uma alternativa que encontrei a Phi Phi, justamente pra fugir do tumulto. Railay é mais tranquilo e perfeito pra quem quer dar uma relaxada (se você estiver procurando festa, lá definitivamente não seria o lugar). De lá a gente seguiu para Phi Phi para fazer o passeio de dormir em Maya Bay (que vem em breve em um novo post aqui), que recomendo muito! Pra ir embora de lá, fizemos o trajeto de avião de Krabi para Bangkok de volta. Espero ter ajudado! Você vai amar a Tailândia, aquilo lá é um paraíso! Beijão! :*

  11. shayane

    Oi Mariana, boa dia! Amei seu post…. Estou cada dia mais encantada pela Tailândia .
    Estou planejando minha viajem de Lua de mal em Novembro, por causa das variações do clima. Vou sair do Rio de Janeiro também,; uma duvida … Você parou em Londres, foi conexão? ou já estava em seu roteiro de viajem? queria saber se o valor descrito no post ( 2.500 USD) esta incluído essa parada em Londres?
    Abraços e parabéns pelo Post. Ficou sensacional.

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Shayane,
      O nosso voo foi um bem barato, então era no esquema com muitas paradas. Foi um voo da British e da Iberia e fizemos Rio>Madrid>Londres>Bangkok. Na ida fomos direto e na volta resolvemos ficar mais um dia inteiro em Londres, para descansar de um voo tão longo (27 horas de viagem mais ou menos no total). Gastamos um pouco mais de 2.600 USD só de Tailândia, Londres encareceu um tanto mais o custo total da viagem. Não sei se você já comprou a passagem, mas neste post aqui http://www.viajadora.com/dica-de-economia-passo-a-passo-para-encontrar-a-passagem-de-aviao-mais-barata/ eu conto como fiz pra encontrar a minha num preço ótimo. Foi uma baita economia!
      E que bom que gostou do post! Fico feliz em saber. Beijos! :**

  12. Jean Castro

    Estava olhando a conversão da moeda brasileira para o bath, e vi que 1 real vale aproximadamente 9 bath’s. Estou pensando em ir com 2,500 REAIS. que o que aproximadamente 28,000 baths

    Vou solteiro e sozinho. Acredita ser suficiente, e sabe me dizer se essa conversão ta correta ?

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi Jean,
      Me desculpe a demora em te responder, acho que seu comentário acabou se perdendo por aqui. Bom, espero que ainda dê tempo de ajudar. Eu gastei para um casal aproximadamente 2600 USD, então convertendo para uma pessoa, acredito que o total fique em torno de 1300 USD (se for na baixa temporada, como eu), o que daria hoje em dia mais de 4000 reais. Isso para os mesmos 15 dias que eu fiquei, então não sei muito te dizer quanto você precisaria levar. Sobre a conversão, acho legal pensar em dólar mesmo, em vez de real, já que a nossa moeda está oscilando tanto. Beijos! :*

  13. Thais

    Oi Mariana, tudo bem ?

    Só pra esclarecer: o valor que você gastou lá na Tailândia também foi utilizado para pagar os hotéis certo ? Apenas alguns passeios e as passagens aéreas estavam pagas antecipadamente né ?

    Obrigada pelas dicas e parabéns pelo blog !

  14. Gus

    Olá Mariana, obrigado pelas excelentes informações da sua viagem. Eu estou planejando ir para Tailandia em Novembro e gostaria muito de conhecer Maya Bay em Koh Phi Phi Le e gostaria de saber se você acharia melhor ficar em Krabi e pegar um barco de passeio pra Maya Bay ou ir pra Koh Phi Phi e pegar de la um barco de passeio ou outras formas.

    Meu roteiro atual é
    Bangkok
    Koh Tao
    Cheow Lan Lake
    Krabi ou Koh Phi Phi

    Obrigado!

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Gus,
      Eu ainda não escrevi aqui no blog, mas fiz o passeio de barco para dormir em Maya Bay e fiquei hospedada em Railay Beach, uma praia em Krabi. Lá é maravilhoso! Tão maravilhoso, que a minha ideia era ir de lá para Koh Phi Phi, fazer o passeio para dormir em Maya Bay e voltar e ficar uns dias em Phi Phi, pra conhecer. Acabou que voltamos para Railay, de tanto que gostamos! De qualquer maneira, ouço falar muito bem de Phi Phi e acho que super vale a pena. Vai depender mais do que você quer pra sua viagem, mas existem barcos saindo de todos os lugares para passeios durante o dia em Maya Bay, isso você não teria dificuldades nem estando em Krabi e muito menos em Phi Phi. Qualquer dúvida, conte comigo! Beijos! :*

  15. Nathalia

    Ola mariana,

    suas dicas da Tailândia são demais! To até perdida aqui sem saber como montar meu roteiro, já li tantos blogs sobre cada lugar maravilhoso e fica difícil escolher. Vamos ver se consegue me ajudar.
    Estarei viajando dia 3 de abril, chegando em Bankgog no dia 5 e tenho até o dia 25 para aproveitar o país, ja que meu vôo de volta é dia 26 de Abril. Temos 21 dias inteiros. Estou indo com a minha mãe e por conta disso já quero deixar planejado os lugares que vamos e quantos dias ficaremos em cada local, bem como os hotéis previamente reservados. Por enquanto minha ideia é:
    Bankok nos dois primeiros dias (5 e 6), dia 7 ir para Ayutthaya, e no final do dia para Chiang Mai, como fizeram ne? Minha duvida é bagagem, consigo deixar em algum lugar para passar o dia por la e depois buscar para seguir viagem? Em chiang mai ficaria uns 3 ou 4 dias. To vendo o que fazer e listando ainda os lugares para ir. Eu queria colocar no roteiro, mas não sei em qual momento, o Camboja, pela questão espiritual dos templos também, mas não sei se fica muita coisa.

    Em seguida iria para as praias, e ai não sei se pego avião que é mais rápido (mais muito mais burocrático) ou se minha mãe vai se sentir confortável em pegar um trem noturno sendo na primeira classe (acho que sim porque ela topa se aventurar). Também to perdida, por alto aqui olhei algumas: Kraki – Railey Beach (3 dias), Phi Phi (4 dias) Ko Tao (3 dias), Phuket (?), não sei se tem outras sugestões de praias e lugares. me ajuda? E das praias voltaria para Nangkok, ficando um dia lá e indo pro aeroporto de volta ao Brasil.

    Obs: adorei seu post com relação ao ano novo na Tailândia, inclusive quando eu comprei a minha passagem já sabia que era nessa época. E também preciso resolver aonde passaremos os dias 13 a 15 de abril. Acho que quero algo mais espiritual (pela nossa religião) e menos balada (por estar com a minha mãe). Até porque teremos oportunidade das baladas nas praias, acho, ne?

    pode me ajudar? Qualquer coisa me manda um email? Obrigada!

    bjs da Nath

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Nath,

      Primeiro desculpa a demora para responder! Por algum motivo seu comentário ficou perdido aqui e eu não vi. Como sua viagem é em abril, espero que ainda dê tempo. Então vamos lá: sobre Ayutthaya, sim, é possível deixar as bagagens na estação de trem mesmo para aproveitar o dia na cidade sem nada pra carregar. Não sei se você viu, mas contei tudo aqui neste post – http://www.viajadora.com/trem-noturno-de-ayutthaya-para-chiang-mai/.

      Sobre as praias, eu fui de Chiang Mai direto para Krabi (e de lá para Railay beach e depois Maya Bay, em Phi Phi) e achei ótimo. Apesar de a passagem ser mais cara, como tinha pouco tempo optei por ficar menos tempo viajando e mais tempo curtindo o lugar. Eu a-m-e-i Railay beach. Recomendo muito que você fique por lá alguns dias. Em breve vou fazer um post sobre o que fazer por lá, mas já escrevi sobre o hotel incrível em que nos hospedamos por preço de banana nesta época (http://www.viajadora.com/onde-ficar-em-railay-beach-sand-sea-resort/). Como você não tem muitos dias, ficaria só de um dos lados de praia e por questão de tempo, acho que cortaria Koh Tao (apesar de não conhecer). Ouvi falar muito muito bem de Koh Lipe, que fica do mesmo lado que Railay e Phi Phi, se eu tivesse tido mais tempo, teria ido conhecer. Pode ser uma boa pra você.

      Sobre o Ano Novo Tailandês, vocês vão adorar estar por lá nesta época. É muito legal tanto do lado espiritual quanto da diversão no festival da água. Na época que pesquisei li que esta época é bem legal em Chiang Mai. Parece que muita gente sai de Bangkok pra visitar família no interior e o clima fica bem “nativo” mesmo.

      Bom, espero ter te ajudo. E mais uma vez, desculpa a demora. Muito boa viagem pra vocês e aproveitem a linda Tailândia por mim também! :***

  16. rose villares

    Suas informações são suuuuuper importantes, grata por isso. Vamos, em janeiro, ficando 5 dias em Bangkok, 5 dias em Phuket e 3 dias em Chiang Mai. Nossa dúvida é se ficamos hospedados em Phuket ou Phi Phi e de lá irmos fazer os passeios ao redor. Você poderia nos dar essa orientação? pode indicar hotéis?

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Rose,
      Mil desculpas pela demora. Por algum motivo seu comentário não apareceu pra mim e só estou vendo agora.. :/ Bom, espero que tenha conseguido as informações que precisava. Um Beijo! :*

  17. Natalie

    Ola!!
    Adorei o site! O melhor com muitas informacoes e dicas para viagem a Tailândia!! Muito obrigada por isso!! Rs
    Estou pensando em ir com meu marido em novembro para o festival das lanternas…
    Vc ouviu falar alguma coisa enquanto esteve lá?
    Parece que a Chiang Mai é o melhor local para acompanhar o festival…
    se tiver alguma dica please me ajude!!!
    Muito obrigada
    Bjos

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Natalie!
      Que feliz saber que você gosta do blog e das dicas da Tailândia. <3 Sobre o festival das lanternas, ele acontece em novembro sim e até onde sei, o melhor lugar para se estar é mesmo Chiang Mai (por isso, vale se antecipar e reservar hoteis com antecedência, já que a cidade vai estar cheia). Nós nós fomos neste período, mas conhecemos quem foi e amou muito! Aliás, não tem como não amar a Tailândia! Beijos e boa viagem! :*

  18. Darlan

    Oi Mariana, o valor que você gastou (2600) foi o valor de uma só pessoa?
    Quanto você me aconselha a levar para passar 10 dias em janeiro de 2017 com minha esposa, para hoteis, passeio e alimentação?

  19. Mariana Yusim
    Autor
    Mariana Yusim

    Oi, Darlan,
    Este valor foi pra duas pessoas, eu e o meu marido. Eu fiquei um pouco mais de tempo que você pretende ficar, mas como as coisas podem estar mais altas (eu fui em 2015), acho que você pode levar em torno de 2300 dólares para os 10 dias para hotel, passeios e alimentação na Tailândia. :) Beijos e boa viagem! Esta é uma viagem incrível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>