Itacoatiara: a melhor praia do Rio de Janeiro fica em Niterói!

Itacoatiara: a melhor praia do Rio de Janeiro fica em Niterói!

Eu e a Thaís somos nascidas e criadas em Niterói, mas por necessidade, assim como a maioria dos niteroienses, acabamos trabalhando e fazendo grande parte da nossa vida na cidade vizinha, o Rio de Janeiro (e ela agora ainda mais longe, lá no Canadá). Sempre adoramos as duas cidades, só que em termos de praia – cariocas, chupem essa manga! – não há nenhuma no Rio que supere a praia niteroiense de Itacoatiara.

Ok, ok, Ipanema e Copacabana são famosas no mundo inteiro, a Barra e a Reserva são bem legais, a Joatinga e a Prainha também, mas todas já são muito conhecidas e ficam lotadas no verão. É excesso de gente, engarrafamentos para ir e voltar, falta de espaço nas areias, confusão… fica difícil relaxar e curtir o sol e o mar com tranquilidade nessas praias tão famosas. Já Itacoatiara, além de ser lindíssima, se mantem muito mais tranquila que qualquer praia carioca até na mais quente das tardes de verão. Isso sem falar na quantidade de gente bonita, no contato com a natureza e nas opções muito melhores de comida nas areias (porque isso é fundamental também! haha).

Então, se você está de viagem marcada para o Rio de Janeiro ou mesmo se é carioca e ainda não conhece esse paraíso tão perto de casa, precisa reservar um dia para conhecer Itacoatiara, se apaixonar e nunca mais ver nenhuma praia da cidade do Rio com os mesmos olhos. Pois é, niteroienses não são modestos quando se trata de falar de Itacoatiara – ou Itacoa, para os íntimos – e aqui você vai ver o porquê… além do tanto de fotos de lá que você já deve ter visto no nosso Instagram, o @viajadorablog (aproveita e segue aí!)

praia de itacoatiara niteroi viajadora

Itacoatiara, tão fotogênica, em uma de nossas fotos do Instagram

Um dia na praia de Itacoatiara

O mais legal de Itacoa é o fato de ela ser delimitada por duas pedras enormes e ainda cheia de vegetação nativa separando a faixa de areia da rua. Isso cria um clima especial e faz com que a gente se sinta em uma praia longe da cidade e cercada de natureza.

A praia de Itacoatiara fica entre as praias de Itaipu e Itaipuaçu, na região oceânica de Niterói, ou seja, no grupo de praias fora da Baía de Guanabara. O bairro, que tem o mesmo nome, ainda é bem residencial, com casas lindas, e a praia é pequena se comparada às outras praias da cidade, como Camboinhas e Piratininga. E uma das coisas mais legais de lá é olhar para a rua, da areia, e não ver prédios. É realmente a sensação de se estar em uma praia reservada, longe da cidade grande.

Do lado esquerdo de quem olha para o mar fica a Pedra do Costão, e do lado direito, a pedra do Pampo, que “esconde” a Prainha, um outro pedacinho de praia que tem águas sempre calmas e faz a alegria de pais com filhos pequenos e de quem tem medo de ondas. A desvantagem é que, justamente por isso, ela costuma ficar lotaaaada. De qualquer maneira, vale a caminhada até lá para conhecer e apreciar a vista linda, principalmente de manhã cedinho.

acesso praia de itacoatiara niterói

Uma das entradas para o nosso paraíso

costão canto direito itacoatiara niteroi viajadora

O canto esquerdo da praia, com a famosa pedra do Costão

itacoatiara canto direito pampo viajadora niteroi

E olhando para a direita, a área do Pampo (que na verdade é o nome de um clube na beira da praia)

prainha itacoatiara cheia viajadora niteroi rj

A prainha bem cheia

prainha itacoatiara viajadora niteroi rj

Mas é uma delícia. A dica é ir bem cedo, quando a quantidade de gente é bem menor do que a da foto

Ao longo de toda a praia existem barracas vendendo comidas e bebidas onde os barraqueiros são simpáticos e, se você pedir com jeitinho, te emprestam o guarda-sol e cadeiras sem cobrar nada – ao contrário dos barraqueiros do Rio, que cobram, e bastante! – desde que você consuma alguma coisa na barraca deles, que pode mesmo ser apenas uma água mineral.

Ah, e é bom lembrar que Itacoatiara é conhecida como a queridinha dos surfistas, por causa de suas ondas fortes. Quando ela está brava, é bom tomar cuidado mesmo (nesse caso, nada que um mergulho na Prainha não resolva). Os bombeiros não têm descanso e são bem comuns os salvamentos com helicóptero. Agora, se Itacoa estiver de bom humor, o mar é delicioso, muito limpinho, com água clara e tranquila, perfeita para quem gosta de ficar um tempão imerso e também para a prática do SUP e do skinboard. Na orla existem várias pessoas alugando pranchas e o mar fica todo colorido quando elas estão na água.

bandeira aviso de perigo mar revolto itacoatiara niteroi viajadora

É melhor respeitar as placas, o mar é bravo mesmo

mulher boiando na praia de itacoatiara

Mas, quando ele está manso… que delícia! Olha eu lá boiando! haha

Não dá para dizer que você conheceu Itacoa se não comer lá, hein!

É claro que, dada nossa fome interminável, a dica mais valiosa que damos pra quem vai para Itacoatiara tem a ver com comida: não vá embora de lá sem experimentar o famoso sanduíche natural com mate. É sério. Não se trata de um sanduíche feito de qualquer jeito como a maioria daqueles que são vendidos nas praias da Zona Sul do Rio. Ele é tão grande delicioso que eu costumo sair de casa cedinho sem comer, morrendo de fome (e isso prova o quanto gosto) para chegar lá, sentar na minha cadeira e saborear essa delícia olhando o mar. E não sou só eu: o sanduíche de lá é bem famoso e uma verdadeira instituição entre os niteroienses praieiros.

Encontrar os vendedores é fácil. Eles chegam bem cedo na praia com seus uniformes amarelos ou azuis e ficam zanzando pra cima e pra baixo com os muitos sabores de sanduíches, que são distribuídos por uma central e, por isso, feitos da mesma maneira sempre. O que a gente mais gosta, e o mais famoso, é tão popular que foi apelidado de “Big Mac”. Ele pode vir com pão integral ou pão de forma normal (conforme você escolher), e tem frango desfiado, maionese com cenoura, ovos e batata palha. E não é só um pouquinho de recheio, não: é muuuuito recheio, muito mesmo, e você tem que abrir um bocão para não desperdiçar nada. Os outros sabores são pasta de ovos, atum, frango com ameixa, frango com abacaxi, chester com cheddar, ricota e outros que não estou lembrando agora porque costumo comer sempre o mesmo, mas todos deliciosos.

sanduíche natural com mate na praia de itacoatiara niterói

Hummmmmm

E aí, para acompanhar, você pode optar pelo combo com o mate, que vem bem gelado e com o tradicional chorinho que os vendedores gostam tanto de oferecer. Como mencionei, os sanduíches dos vendedores de azul ou de amarelo são idênticos, com a diferença que o do pessoal do azul tem 3 ovos (e eles se gabam por isso), e o mate do amarelo tem limão e o do azul não. A gente sempre come o azul do Márcio, nosso vendedor favorito, que já costuma reservar os nossos pedidos. (Valeu, Márcio!)

itacoatiara vendedor sanduiche natural viajadora niteroi

Olha a gente lá com o Márcio. Ele é do time azul, está sempre de bom humor e capricha no chorinho do mate. Quem for, pode procurar por ele :)

O Costão de Itacoatiara – você não pode deixar de subir

Uma das grandes atrações de Itacoatiara é o Costão. A pedra do canto esquerdo da praia tem mais ou menos 200m de altura e pertence ao Parque Estadual da Serra da Tiririca. A trilha que leva ao topo  é obrigatória para os amantes de natureza e é perfeita para abrir um dia de praia, bem cedinho, ou para fechar, com um pôr do sol incrível. Eu não canso de me admirar toda vez que subo lá!

praia de Itacoatiara

A estrela da praia, no entardecer em Itacoatiara

A trilha começa na última rua da praia, em uma área de proteção ambiental na sede do Parque Estadual da Tiririca. Não há limite de visitantes e para subir basta assinar um livro de controle. A trilha é bem sinalizada, dá pra fazer sem guia e você encontra pessoas de todas as idades subindo e descendo. A primeira parte é dentro da mata, até chegar na base da pedra, o ponto onde muitas pessoas acabam desistindo por achar que não vão conseguir. É que olhando parece bem íngreme, mas quando você começa a subir, vê que é bem tranquilo. É importante levar muita água, um boné e passar protetor, porque o sol castiga. Depois é só aproveitar a vista maravilhosa da praia de Itacoatiara e Itaipuaçu, além do litoral oceânico de Niteroi e montanhas do Rio. (Ah, e sobre os calçados, eu gosto de subir de tênis, já a Thaís prefere ir descalça, vai depender do seu gosto mesmo.)

subida pedra do costão itacoatiara niteroi viajadora

A subida já na pedra. O sol é de lascar (mas repara na cor desse céu?)

pedra do costão vista itacoatiara niteroi viajadora

O visual do caminho certamente compensa todo o esforço

casal sentado no costão de itacoatiara com vista para praia niteroi viajadora

Eu e Diogo lá no topo <3

pulo costão itacoatiara niteroi viajadora

Pula aí, Paulaaa!

Onde está o Wally? Praia de Itacoatiara

Onde está o Wally? Foi procurar o Márcio pra comprar um Big Mac! haha

descida costão itacoatiara niteroi viajadora

No fim da descida, quase chegando no trecho de trilha na mata novamente. Parece muito íngreme, mas é bem tranquilo

A trilha é curta e a subida e a descida levam em média uma hora. A boa para quem quer subir o Costão é chegar bem cedinho na praia, fazer a trilha até o alto da pedra e depois descer, dar aquele mergulho, estirar a canga na areia e se instalar por lá. Ou então inverter a ordem, deixando a subida para o fim da tarde, quando o sol está mais baixo e o visual é ainda mais incrível. Ao longo do dia é que fica mais complicado, porque a pedra fica bem quente (ainda mais neste verão psicopático que estamos vivendo em 2015).

Outra coisa bem legal é depois ir andando um pouco mais para dentro da Serra da Tiririca (continuar pela mata em vez de pegar a subida para o Costão), as paisagens de praia e mata são lindas. E para quem é adepto, tem pontos com rotas para escalada e rapel por lá também, mas aí é assunto para um outro post.

Como chegar na praia de Itacoatiara

O melhor jeito de chegar em Itacoatiara é de carro mesmo – o que é bem fácil seguindo as placas – porque ela fica relativamente longe do centro da cidade e os ônibus que vão para a região oceânica demoram um pouco e ficam cheios no verão. Mas também, não tem problema, fomos de ônibus para lá a adolescência inteira e estamos aí vivinhas pra contar a história.

Para pegar o busão, se você vem do Rio, o melhor jeito é descer no centro de Niterói e pegar o 38 no terminal de ônibus (aquele prédio *bonito* que parece uma catedral). Ele passa pelos bairros de Icaraí e São Francisco e depois desce para a região oceânica, deixando primeiro o pessoal na entrada de Itacoatiara (que é um bairro meio fechado com uma cabine de polícia na entrada) e depois seguindo para o ponto final, a praia de Itaipu. Para voltar, você pega o ônibus no mesmo lugar onde chegou. A dica é, no verão, voltar uns 30 ou 40 minutos antes ou depois do entardecer/por do sol, que é a hora que todo mundo resolve voltar e aí os ônibus ficam lotados.

Pra quem for de carro, aconselhamos chegar cedo. Como o bairro é pequeno, quanto mais cedo se chega, mais fácil é encontrar vaga. Depois é só aproveitar, comer aqueeele sanduíche e curtir a praia mais gostosa do Rio de Janeiro.

E se você quiser mais dicas de programas legais na cidade, confira também nosso post com  5 dicas imperdíveis do que fazer em Niterói!

 pôr do sol incrível na praia de Itacoatiara

E esse por do sol, gente? :O


-> Confira opções de hotéis e pousadas em Itacoatiara clicando aqui.

-> Confira opções de hotéis e pousadas em Niterói clicando aqui.

-> Confira opções de hotéis e pousadas no Rio de Janeiro clicando aqui.


 

Leia também:

Comentários

23 comments

  1. Pingback: Itacoatiara: a melhor praia do Rio fica em Niterói - Rede de Blogs Outdoor

  2. Érima

    Amei as fotos! Uma lembrança boa que tenho de Itacoatiara é de um dia de chuva de verão. Vimos a chuva chegando pelo mar. Correu todo mundo pra sentar no costão e esperar a chuva. Ela bate na pedra, desce uma água quente, uma cachoeira deliciosa! E passa rápido. Claro que foi uma dessas chuvas rápidas, não dá para ficar de brincadeira lá se a chuva chegar cheia de raios. Mas é inesquecível! Ah, e o bolinho de peixe no quiosque perto do Pampo também é imperdível! Beijos

  3. Mariana Yusim
    Autor
    Mariana Yusim

    Itacoatiara é muito fofotgênica, né, Érima? <3 E que delícia deve ser pegar esta chuva que você está descrevendo lá, o Costão deve mesmo formar uma cachoeira deliciosa. Opa, desse bolinho eu não sabia! Boa dica, vou provar! Obrigada! Beijos! :*

  4. Patricia Longo Tayão.

    Mariana, amei o post, já estava louca para passar um dia em Niterói, e seu post realmente veio a calhar, já incluí no roteiro que quero fazer pela cidade. Adoro vistas bonitas, e as do Costão da Praia de Itacoatiara estão de babar!

    Abraços!

  5. Laira

    Mari, amei o post! Sua descrição detalhada torna possível imaginar direitinho o paraíso que deve ser Itacoa (já virei íntima…haha).
    Na próxima vez que eu for ao Rio com certeza vou aparecer por essas bandas, e quem sabe te conhecer pessoalmente! Vale a pena se hospedar em Niterói pra curtir um findi em Itacoa?
    Bjao!

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Laira, Itacoatiara é mesmo linda, você tem que conhecer! Venha sim, e me avise, vou adorar te conhecer pessoalmente. Posso até servir de guia. rsrs :) Olha, eu acho que se você gosta de praia, pode ser legal se hospedar por lá sim, mas, se você optar por ficar pelo Rio mesmo, dá perfeitamente pra aproveitar e conhecer a praia em um passeio de um dia. Se precisar de alguma ajuda ou dica, me fala! Beijos! :**

    2. Thaís Freitas
      Thaís Freitas

      Oi, Laira!

      Vale muito a pena marcar um fim de semana para conhecer Itacoa. Como a Mari falou, dá perfeitamente para fazer um bate-e-volta de um dia pra lá, mas se você puder dormir numa pousadinha da região oceânica no sábado, por exemplo, é muito legal também, porque tem vários restaurantes ótimos em Niterói para jantar e você pode tirar o domingo para conhecer as praias de Camboinhas e Itaipu (indo bem cedinho). Lá tem uma colônia de pescadores e dá para comprar peixe fresquinho, muito bom! (repare que nossas dicas sempre têm comida no meio! haha)

      Beijos!

  6. Nanda

    Oi meninas! Adorei o post, estou doidaa para dar um pulinho em Itacoatiara, as fotos são lindas! <3

    Colocamos o blog de vocês nos "indicamos" lá no blog, nos identificamos com o estilo de vocês, que é bem parecido com o nosso! hehehe! Se puderem indicar também.. =)

    Beijinhos, e nos esbarramos por aí em qualquer aventura da vida!

  7. Michelle Rodrigues

    Olá!
    Infelizmente, por conta de tanta propaganda que assim como vc a mídia anda fazendo, Itacoatiara já está deixando de ser o paraíso por conta de tantos visitantes e de tanta falta de educação deste povo que anda vindo pra cá. É triste mas a verdade é que o “turismo” está acabando com a nossa Itacoá…

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Michelle,
      É uma pena mesmo que as pessoas não tenham educação. O que tentamos fazer é mostrar as belezas da nossa cidade, mas estimulando o turismo responsável. Itacoatiara é um paraíso e se cada um aproveitá-la e fizer a sua parte, é assim que vai continuar. É o que mais queremos! Beijos! :*

  8. Andréa

    Boa noite!!
    Amanhã, eu e minha família, estamos pretendendo passar o dia em Itacoatiara.
    E a nossa pergunta é: o mar é MT violento?
    Pq além de crianças, temos idosos também.
    Por favor, me responda assim q possível, e ainda hj…
    Obgda. Andréa

    1. Mariana Yusim
      Autor
      Mariana Yusim

      Oi, Andréa, desculpe a demora em te responder, mas estava viajando com acesso restrito à internet. Sobre o mar, Itacoatiara é sempre uma caixinha de surpresas. O mar costuma sim ser bravo, mas inúmeras vezes já vi o mar calmo, como algumas fotos acima mostram. Fico torcendo para que você tenha encontrado a praia com um mar gostoso.
      Beijos! :*

  9. Fernando Santos

    Mariana e Thais, mataram a pau tudo o que eu precisava para matar saudades da praia que mais marcou minha vida.
    Um montão de fotos dos mais diferentes ângulos. E dicas de trilhas, passeios e rango, que ninguém é de ferro.
    Apaixonei pelo trabalho.
    Visitei diversas vezes, durante minha juventude.
    E sempre recomendo.
    Vou salvar as fotos e colocar no meu face.

  10. Tiago

    Achei muito legal a iniciativa de vcs de mostrar para o mundo a beleza que é o nosso Rio de Janeiro/Niterói….posso dizer que esse guia esta bem completo com varias dicas mas se me permite uma critica positiva para os próximos guias que vcs fizerem, acho que faltou neste guia citar valor deste famoso sanduíche “big mac” e tbm seria interessante tbm citar algumas pousadas que por ventura tenha próximo a praia para aqueles que desejarem ficar por ali mesmo.
    Eu não conheço a praia ainda mas pretendo ir neste final de semana desfrutar deste paraíso.
    Bjs…

  11. Altair da Silva

    Itacoatiara está sendo sitiada por placa de proibido estacionar a intenção da associação e que ninguém venha a praia mas vale lembrar que a praia é pública vamos fazer barulho galera se não daqiapouco vão fechar e ninguém mas entrar e lembrando ao Rodrigo Neves que acabou de ser reeleito que os pobres também votaram nele então deixa os pobres se divertir pôs a praia é pública vamos lá galera vamos fazer barulho operação a praia é de todos

  12. erico lemos

    Divulgar o paraiso para o mundo , levou a ex-maravilhosa Itacoa ao estado calamitoso de hoje. Farofa, excursão, lixo, engarrafamento, abusos, maconha, altinho, churrasco, o caos. Lamentavel. Bico calado teria sido a melhor alternativa. O estacionamento disciplinado chama-se ordenamento. Infelizmente a divulgação sistematica desse fantastico lugar que é parte integrante do PESET, vem provocando sua degradação e se açoes rapidas e contundentes não forem tomadas, breve teremos tambem arrastoes e crimes que cansamos de ver noutras praias. Ordenamento, fiscalização e policiamento precisam necessarimante fazer parte de nossa rotina. Triste porem indispensavel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>